Joseph anuncia o lançamento do novo álbum

7:13 PM

Joseph - Foto: divulgação
"Good Luck, Kid" é o terceiro álbum do trio de Portland. O álbum chegou nas plataformas em 13 de setembro e já ganhou uma excelentes críticas como um "hino otimista". 

Texto: Ingrid Natalie (instagram: @femalerocksquad)

Se a banda Joseph ainda não está na sua playlist, definitivamente entrará após conhecer esse excelente trio formado por Natalie Schepman e suas irmãs gêmeas Allison e Meegan Closner. O grupo nasceu em 2014 na cidade de Portland, Oregon. Em uma tentativa de iniciar uma carreira solo, Natalie convidou suas irmãs mais novas para iniciar o projeto e foi extremamente bem-sucedida na empreitada. Desde então, Joseph já carrega em seu currículo 3 álbuns e apresentações em importantes festivais como o Coachella. Atualmente, elas estão divulgando seu mais recente trabalho, "Good Luck Kid". Lançado em 13 de setembro pela ATO Records, o álbum é sucessor do excelente "I'm Alone, No You're Not" (2016). 

"Good Luck Kid", a faixa homônima do álbum, é pesada e animada fala da eterna busca pela independência, enquanto as irmãs cantam o caminho eterno para a autodescoberta, é a única música do novo registro de estúdio creditada exclusivamente a Schepman, e foi inspirada por uma viagem com seu marido Chris, e suas longas conversas sobre independência, religião e onipresença das mídias sociais.

Joseph chamou a atenção por suas harmonias exuberantes, canções de união e capacitação. Desde o seu lançamento, o single "Fighter", de "Good Luck, Kid", quebrou o Top 20 na Triple AAA Radio Chart em apenas cinco semanas, um feito raro e impressionante. Além disso, as irmãs recentemente deram início a uma campanha no Instagram vinculada a “Fighter”, que compartilha as extraordinárias histórias de mulheres em todo o mundo sob a hashtag #THISISAFIGHTER.

Conversamos com Natalie Schepman que nos contou mais sobre a produção do novo álbum e do momento atual da banda: 

FRS: Desde 'I'm Alone, No You're Not', vocês passaram por muitas grandes realizações, incluindo performances em festivais importantes como o Coachella. Como isso faz vocês se sentirem?

Natalie Schepman: É incrível! Somos muito agradecidas por todas as oportunidades que tivemos e por todo o público que está tão presente nas apresentações.

FRS: Agora, vamos falar sobre o seu novo álbum "Good luck, Kid". Primeiro de tudo, como foi o processo de escrita? Quais foram suas principais influências?

Natalie Schepman: Fomos influenciadas na composição deste álbum pelo caos no mundo, fazendo trinta anos, terminando, mudando de religião, lidando com uma doença auto-imune e muitos outros eventos da vida de cada uma de nós. As músicas vieram de uma maneira diferente, algumas foram lançadas ao mesmo tempo com uma melodia e uma letra, outras vieram de sessões de co-escrita que eram mais como terapia, e outra aconteceu ao sair da festa da véspera de Ano Novo para escrever meus sentimentos em um aplicativo do meu telefone.

FRS: Esse registro foi mais desafiador em qualquer aspecto?

Natalie Schepman: De certa forma, foi mais desafiador, porque sabíamos mais do que era lançar um álbum e sentimos a pressão de querer que fosse realmente bom, mas em outros era mais fácil por causa disso. Sabíamos melhor como queríamos que soasse. Nós éramos mais objetivas. Mas também foi um desafio, pois tínhamos que mergulhar muito em nossos sentimentos para realmente ficar vulneráveis ​​e tornar essas músicas as mais honestas que podiam ser.

FRS: Qual faixa de "Good Luck, Kid" descreve melhor o momento atual da sua carreira? Por quê?

Natalie Schepman: Definitivamente a faixa-título, "Good Luck, Kid". Estamos mais no banco do motorista de nossa carreira do que jamais estivemos e, de muitas maneiras, parece um território desconhecido. É como aquele idioma "Quanto mais você aprende, menos sabe." Nós aprendemos o suficiente sobre a vida e a indústria da música agora para saber que há muito mais para entender. A trilha não parece brilhante, a estrada é desconhecida, mas estamos no banco do motorista e estamos prontos para pisar no acelerador!

Veja o lyric video da música "Good luck, Kid":


FRS: Eu absolutamente amo o título dos seus álbuns, eles são tão cativantes! Como você criou "Good Luck, Kid"? Existe alguma história por trás disso?

Natalie Schepman: Muito obrigada! Eu, Natalie, estava em uma viagem com meu marido Chris e eu estava contando a ele sobre uma música que comecei a escrever, mas ainda precisava da linha final do refrão. Eu estava explicando que a música era sobre como era estar nos meus trinta anos agora, sentir que minhas visões de mundo anteriores sobre Deus e a vida não faziam mais sentido, mas quão louco era ser um adulto oficial agora. Ele respondeu: "Sim, é como se o Universo parasse o carro, saísse, jogasse as chaves e dissesse 'Boa sorte, garoto' (Good Luck Kid)". E eu disse: "É isso aí! Essa é a linha final". Eu sabia que esse era o tema do álbum inteiro e sabia que ele descrevia o que Meegan e Allie estavam passando nas músicas que eles escreveram também.

FRS: Finalmente, vocês começarão uma turnê após o lançamento do álbum. Podemos esperar uma turnê no Brasil?

Natalie Schepman: Sempre esperamos ir ao Brasil! Ouvimos coisas maravilhosas e tivemos muitos fãs de Joseph chegando do Brasil e isso significa muito! Espero que em algum momento no próximo ano. Se isso acontecer, divulgaremos as notícias em todos os lugares e garantiremos que todos saibam! Muito obrigado por suas perguntas.

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!