Modelos de Guitarras

10:02 PM

Sim meus caros 38  esperamos q sejam mais, nós temos a partir de hoje conteúdo mais técnico. Para isso conheçam nossa mais nova correspondente...sim, você não leu errado...correspondente nacional mesmo
Amanda!!! Comentem bastante o que acharam!!!!


Por: Amanda Casarin


Aqui estou eu novamente para fazer mais uma matéria pro blog, e, quem sabe, para passar algo útil a vocês, leitores.
Acho que, a todo bom rockeiro, guitarra é interessante. E é disso que vou falar.
Primeiro, vou explicar quais são as partes básicas da guitarra, e suas funções:







1- Headstock ou Mão
2- Tarraxas: serve segurar as cordas e afinar a guitarra.
3- Trastes: separam as casas da escala. Cada casa em cada corda representa uma nota diferente.
4- Braço. A parte da frente, visível na foto, é a escala.
5- Escudo
6- Captadores:  é por onde o som passa, para então sair no amplificador. Existem dois tipos:


-Single-coil: “simples”, tem som mais limpo, estridente.


-Humbucker: duplos, com som mais cheio, mais pesado do que o single-coil.


7- Ponte: onde as cordas ficam presas. Três tipos:


-Fixas: ficam totalmente presas ao corpo da guitarra.


-Flutuantes: têm alavanca, é mais solta.


-Tremolos: é o meio termo entre fixas e flutuantes, pode-se apenas dar pequenas alavancadas.


8- Corpo.


Agora que vocês já sabem o essencial sobre guitarra, vou mostrar os principais modelos:


Stratocaster


É o modelo mais comum. Tem, em geral, três captadores single-coils, mas algumas têm um humbucker perto da ponte (tremolo).


Pode ser usada pra tocar qualquer estilo. Jimi Hendrix, Eric Clapton, Tom Morello, John Mayer e Dave Murray são exemplos de quem usa/usou essa guitarra. Reparem que os estilos deles são bem diferentes, isso mostra o quão versátil é a Stratocaster.


A mais famosa é da marca Fender, mas muitas marcas fabricam esse modelo. Recomendo as da Tagima, não são muito caras e não deixam a desejar em nada, sem contar que boa parte dos modelos tem versão para canhotos, o que para mim tem grande importância. Tenho uma Tagima 635, guitarra linda, com ótimos acabamento e som, além de ter um detalhe que permite melhor alcance nas últimas casas. Essa aqui (só que de canhoto):





Les Paul


Esse modelo tem, em geral dois captadores Humbuckers e ponte fixa.


Também é bem versátil, o mais conhecido por usar Les Paul é o Slash (não é todo mundo que tem uma coleção de Les Paul...), mas também é usada pelo Zakk Wylde, Mark Knopfler e The Edge.


Como o modelo foi criado pela Gibson, naturalmente é a marca mais famosa. Porém também é fabricado por outras marcas. Ainda não tive a oportunidade de testar uma Les Paul, mas já ouvi falarem bem das Epiphone.





Telecaster


Foi uma das primeiras guitarras criadas, feita pelo mesmo criador da Stratocaster, Leo Fender.  Tem dois single-coils e ponte fixa.


Não é dos modelos mais usados, mas costumam usar para tocar blues, country, e até funk rock. É usado pelo John Frusciante, Keith Richards, Eddie Vedder, Syd Barret e Kurt Cobain.


Além das Fender, também ouvi elogios das Telecasters Tagima, que parecem não perder em nada com relação às Fender.





Flying V e Explorer


São basicamente a mesma guitarra. Tem dois captadores humbuckers e ponte fixa.


Em geral, são usadas em metal, rock mais pesado.


Rhandy Rhodes, Kirk Hammet, Richie Sambora, Jimi Hendrix são alguns dos guitarristas que tocam/tocaram com uma Flying V. Já com a Explorer, temos James Hetfield, Dave Grohl, Mathias Jabs e  Marty Friedman.


Foram criadas pela Gibson, mas também as da Dean, Ibanez e Cort não deixam a desejar em nada. Já toquei em uma Gibson Flying V (se toquei por 5 minutos foi muito, mas toquei, ué...). Guitarra levinha, linda e não preciso nem dizer do som, né? A única coisa que não me agrada é o formato, que dificulta a vida pra tocar sentado.


Flying V:







Explorer:






SG


Tem ponte fixa e dois humbuckers, originalmente feita pela Gibson.


É usada quase que exclusivamente por guitarristas de hard rock, como Angus Young. Mas também é bem conhecida pelo Tony Iommi, Robby Krieger,  Allison Robertson, Glen Buxton e Kim Thayil.


Logicamente, conhece-se mais a SG da Gibson, porém as Epiphone também não ficam muito atrás.






Super Strat


Apesar de parecer com a Stratocaster, tem grandes diferenças, como humbucker no lugar de single-coil e ponte flutuante (floyd-rose). É bom saber também que a ordem dos captadores varia, pode ser que tenha single-coil, além de humbucker.  Costuma ter mais casas na escala e alguns modelos têm 7 cordas.


Assim como a Stratocaster, também é bem versátil, mas é mais utilizada por guitarrista de metal e hard rock, como Van Halen, Kirk Hammett, Jeff Beck e Vernon Reid.


As marcas mais conhecidas e recomendadas são Ibanez, Jackson e Cort. Já testei uma Cort X-6, achei muito macia, bem acabada e realmente vale a pena pelo custo-benefício. Só não gosto de ponte floyd rose, pois tem microafinação, o que torna a troca de cordas muito mais chata do que o normal, pois tem que tirar uma corda e já colocar outra no lugar, não pode tirar todas e depois colocar de volta, como costumo fazer. O fato de não ter escudo também não me agrada, fica muito mais fácil de riscar a guitarra devido às palhetadas. Mas isso é culpa do modelo, e não da marca. Aliás, quase comprei uma Stratocaster Cort, mas a versão canhota não estava mais disponível.







Semi-Acústica


É a mistura de uma guitarra com um violão, por isso é tão grande e tem caixa acústica.


Costuma ter dois humbuckers e ponte fixa.


É mais utilizada por guitarristas de blues e jazz, mas muitos guitarristas que querem fazer um som mais acústico utilizam este modelo.  B.B. King e John Frusciante são exemplos de quem fez uso dessa guitarra.


Uma das mais conhecidas (e mais caras) é a da Gretsch, mas também tem as Ibanez e as Epiphone que são muito boas.




Agora, pra quem quer começar a tocar e não sabe qual comprar, recomendo as Stratocasters, pois são mais confortáveis e mais simples.






Posts Que Talvez Você Goste

33 comments

  1. nanasparks7/5/11 05:12

    Essa matéria tá só o ouro!!!! Graças a ela vou deixar de ser leiga no assunto!!! =PP

    Parabens a Yoko e a Amandinha que nos deram orgulho e acrescentaram um pouco mais de conteudo e phynesse no blog! (não somos apenas garotas que correm atrás de cabeludos lindos, viu??? Olha a cultura...=PP)

    Vou até divulgar...

    PS: Les Paul forever!

    ReplyDelete
  2. ô coisa linda viu UHAUAHUAH
    espero que gostem e, qualquer coisa errada, avisem aí

    ReplyDelete
  3. Lucas Mello11/5/11 23:27

    Faltou a lendária e minha favorita, Firebird.

    ReplyDelete
  4. Kim Thayil usa uma Guild S-100, e não uma Gibson SG. Além da Guild, existem outras marcas tão bem conceituadas no mercado, como a Grestch que é uma puta guitarra.

    ReplyDelete
  5. Gostei muito da matéria, parabéns'
    a SG não sei pq me lembra tanto o ator Jack Black Kkkkkkkkk'
    Bjs =*

    ReplyDelete
  6. eu tenho uma memphis tagima strato eu me acustumei com afinação das satratos são mais simples,amo a sg pq meu idolo tony iommi toca numa,o meu irmão tem uma cort x6 igual da foto eu acho que nem vc disse é complicado pra trocar as cordas o meu irmão ñ acha tanto pra afinar tb é meio chato...eu toco heavy-metal tradicional meu irmão já toca speed-metal cheio de solos virtuosos...

    ReplyDelete
  7. O post esta otimo mais faltou varios modelos de guitarra como por exemplo, Rg Ibanez ,Razorback, randy roads, iceman, JEM, etc... você poderia ter comentado das guitarras custom tbem que na minha opnião são as mais legais XP

    ReplyDelete
  8. Luiz Fernando12/5/11 10:53

    Amigos, dizer que a tagima não deve nada para as guitarras Fender é no mínimo insensato.
    A Tagima pode construir boas guitarras, mas não tem comparação.

    ReplyDelete
  9. Adorei a matéria, sou apaixonada por guitarras (meu sonho desde a adolescencia é aprender a tocar guitarra, mas devido contratempos ate hoje não aprendi) e sou beeeemmmm leiga no assunto. Essa materia me fez entender um pouco sobre o instrumento que sempre sonhei tocar. Gostei tambem da dicas para qual guitarra para canhotos é bom, porque sou canhota e sempre tive essa dúvida. Quem sabe agora nao compro uma para começar a aprender. So uma duvida para iniciantes canhota qual você indicaria? Bj

    ReplyDelete
  10. yokoleonhart12/5/11 12:33

    o Kim tb usa uma SG, ele usou no Superunknown e no Down on the Upside. Mas em todos álbuns ele usou a Guild S-100 tb.

    ReplyDelete
  11. Essa les Paul é legal hein...

    Visite meu site também www.yny.com.br tem tv online, games, piadas, curiosidades e muito mais...

    ReplyDelete
  12. Ficou legal..
    Só apelou em falar que as tagima se comparam a fender e talz.. A fender tem esse nome todo não é atoa.. mesmo a qualidade tendo caido devido a massificação das vendas de 30 anos pra cá, ela ainda é superior a muitas guitarras renomadas no mercado, imagina das tagimas então.

    ReplyDelete
  13. O modelo Les Paul não foi criado pela Gibson em si, e sim foi uma encomenda do guitarrista Les Paul, que vendeu o design para a Gibson.
    O motivo da criação da mesma é que o Sr. Les Paul havia quebrado o braço,e não podia tocar com as archtops (semi-acústicas) por causa da espessura, por isso criou o corpo sólido da guitarra com o mesmo desenho da semi-acústica.

    ReplyDelete
  14. Luiz Fernando, eu não comparei Tagima com Fender, apenas disse que a Tagima não deixa a desejar em nada. Mas, em todo caso, diria que é compatível se for levado em consideração o preço: paguei 900 reais da minha Tagima e acho que compensa, se pensar que uma Fender, aqui no Brasil, custa a partir de 2500, 3000 reais.
    Mas é claro que Fender é a top, isso é sem discussão. Espero ter deixado claro o meu pensamento.

    ReplyDelete
  15. Como eu disse, eu citei apenas os principais modelos, os mais conhecidos. Existem tantos modelos que ficaram de fora da matéria...

    ReplyDelete
  16. 'Escola de Rock' né? uahuahauha
    Que bom que gostou, obrigada =D

    ReplyDelete
  17. Comecei com uma Memphis strato xD
    Realmente é mais fácil de afinar e tals, por isso recomendei para os iniciantes.

    ReplyDelete
  18. Sim, sim... mas como eu disse aqui nos comentários, eu só falei dos principais modelos, para quem não entende do assunto poder conhecer um pouquinho do que mais tem por aí.

    ReplyDelete
  19. Como já disse acima, não comparei Tagima com Fender, apenas disse que vale a pena, pelo preço e pela qualidade. Em momento algum eu disse que a Tagima é tão boa quanto a Fender.

    ReplyDelete
  20. Então, recomendo alguma stratocaster, e não sei o que os outros diriam em relação a isso, mas eu diria pra comprar dessas mais baratas, tipo Memphis, pra você ver se gosta mesmo e se consegue pegar jeito e, mais tarde, investe numa melhor... e se não dá certo e você gastou muito com isso? Complicado, né...

    ReplyDelete
  21. Sério? Nunca ouvi essa história, bom saber...
    Obrigada pela informação xD

    ReplyDelete
  22. Melhor tópico sobre o assunto. Estava pensando em comprar uma Stratocaster Squier by Fender mas achei com 2 tipos de captadores ao mesmo preço, tinha uma que tinha 3 Single Coil e outra com 2 single-coil e 1 humbucker ainda não decidi qual comprar pois tem cores diferentes, e isso pode facilitar caso eu queira vender. Mas se eu fosse comprar sem olhar cor eu acho que compraria o de 2 single-coil e 1 humbucker Qual é a opnião de vocês sobre qual a melhor opção?

    ReplyDelete
  23. As duas são igualmente boas, aí depende do que você vai tocar mesmo. Se gosta de um som mais pesado, recomendo comprar a que tem um humbucker. Se gosta mais de um pop rock, por exemplo, aí recomendo a outra. Que bom que gostou da matéria, espero ter ajudado =D

    ReplyDelete
  24. Só um adendo: as guitarras "semi-acústicas" não são bem uma mistura de guitarra e violão. As 1as guitarras elétricas (anos 30) eram basicamente violões americanos com captadores (single-coils), ou seja, corpo oco. Nos anos 40 surgiram as de corpo sólido (a Telecaster foi a 1 a ser comercializada, com o nome de Broadcaster em 1950). As semi-acústicas surgiram só em 1957 com a Gibson ES-335 e suas irmãs (330, 345 e 355), já com humbuckers. A diferença é que ela tem o 'visual' das antigas guitarras elétricas ocas, e também os 3 estágios de construção (placa traseira, laterais e o top arqueado), mas dentro fica um bloco de madeira sólida dentro do corpo (onde são fixados os captadores e ponte, e onde o braço junta com o corpo). Nos anos 70 a Fender criou as "semi-sólidas", que são as guitarras sólidas "escavadas", depois é colado uma placa de madeira fina pra tapar os buracos (mantendo a tradicional abertura em "f" nas laterais).

    ReplyDelete
  25. Breve histórico das guitarras:
    - Sec XVIII e XIX = guitarras espanholas (avô dos atuais violões clássicos, com cordas de nylon - na época, cordas de entranha animal);
    - Fim do sec XIX, início sec XX = guitarra americana, criada por Orville Gibson (o criador da marca Gibson), misturando a guitarra espanhola com o mandolin, gerando a guitarra "folk" (cordas de metal);
    - anos 30 = primeiras guitarras elétricas (ainda ocas);
    - anos 40 = primeiros protótipos de guitarra sólida, incluindo a The Log, feita por Les Paul;
    - 1949 = primeiro protótipo da Fender Esquire (a Telecaster com 1 pickup só);
    - 1950 = Fender Broadcaster e Esquire;
    - 1951 = A Fender é obrigada a tirar o nome Broadcaster por conta de um processo movido pela Gretsch (que detinha o nome Broadkaster, para banjos), é lançado o primeiro baixo bass-guitar (baixo como conhecemos hoje), o Fender Precision Bass;
    - 1952 = Fender Telecaster (a Broadcaster com outro nome) e Gibson Les Paul;
    - 1954 = Fender Stratocaster;
    - 1957 = Fender Jazzmaster e Jaguar, pickups humbucker (criado por Seth Lover / patente da Gibson com o nome PAF), Gibson ES-335, 330, 345 e 355 (semi-acústicas);
    - 1958 = Gibson Flying V e Explorer;
    - 1960 = Fender Jazz Bass;
    - 1961 = Gibson SG (lançada como o novo modelo Les Paul);
    - 1963 = A SG passa a se chamar SG;
    - 1972 = Fender Thinline (semi-sólidas);
    - fim dos anos 70 = as primeiras Stratocasters modificadas geram as Superstrat

    ReplyDelete
  26. ONDE VOCÊ ACHOU UMA 635 CANHOTA PRA VENDER?
    To sofrendo pra achar uma ;|

    ReplyDelete
  27. Comprei na Playtech por telefone, tive que encomendar, aí demorou um mês pra montarem a guitarra (feita exclusivamente pra mim, que lindo!) e mais um pouco até mandarem pra cá.
    É difícil mesmo achar, é bem provável que tenha que encomendar, que nem eu fiz. Entra em contato com essas lojas grandes que acho que dá pra encomendar fácil.

    ReplyDelete
  28. Achei excelente seu post, sou iniciante e tudo que eu precisava ta aí xD Muito obrigada (:

    ReplyDelete
  29. Muito legal mesmo,vc está sabendo legal sobre guitarras em,é mas as q estão aí eu ja cohecia todas,queria encontrar mesmo modelos q eu ñ conhecia como a FIREBIRD,mas do mesmo jeito está ótimo seu post,obrigado pelas informações,continue assim.=D

    ReplyDelete
  30. É lógico q eu conheço né,são as mais famosas,"q burrice", meu Deus.

    ReplyDelete
  31. A matéria foi destinada a pessoas leigas no assunto.

    ReplyDelete
  32. Eu sei po,ñ estou reclamando do seu post ñ muito pelo contrário ficou ótimo,muito bom mesmo.E so um uma revisada,eu falei 'q burrice' em relação a mim ta ñ foi a vc ñ.

    ReplyDelete
  33. Aí aquele LUCAS q postou um comentário no dia '12/5/2011 às 2:57 am' ñ sou eu ñ,eu ja sou outro LUCAS.

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!