Banda Souto lança 'Esfera Racional'

2:31 PM

Souto - Foto: Ygor de Oliveira

           Novo EP do quarteto baiano explora a conexão entre universo e a experiência humana

Formada por Vinicius Soares (guitarra/vocal), André Nunes (teclado/shynts), Felipe Oliveira (baixo) e Gabriel Gomes (bateria), a banda Souto apresenta seu novo trabalho: “Esfera Racional”. Composto por quatro canções, o EP foi gravado no Estúdio T, na capital soteropolitana, entre os meses de setembro e outubro de 2017. Os integrantes assinam a produção ao lado de André T, que também é responsável pela mixagem e masterização do álbum.

Diferente de “A Risco”, primeiro trabalho da trajetória dos rapazes, o lançamento “Esfera Racional” vem em um momento mais maduro, com faixas que carregam uma evolução repleta de misticismo e encontro espiritual  por parte dos quatro artistas.

Para compor, os rapazes apostam em elementos do rock e do reggae, além de utilizarem vertentes do reggae e do rap, como por exemplo, o raggamuffin, dancehall e sound system com uma pitada de eletrônico. Uniram esses gêneros com ambientações  orgânicas em contraste dos beats e das rimas. A fusão traz ainda a participação de Ravi Santana (guitarra), Caio Lopes (Voz), Yuri Corrêa (teclado) e Vitor Lima (baixo), da também baiana Raco, que somaram em “Vênus”, faixa  que já conta com clipe próprio.

Em “Mineral”, a banda apresenta um reggae com guitarras fortes que relatam o encanto da natureza sob a perspectiva da entrega de um ser ao oceano, onde busca respostas de sua existência. Já em “Trilha” é possível identificar notas de pop e alternativo, com uma narrativa sobre caminhos árduos em que cada dor e desafio servem como proteção e ensinamento. Afinal, o amor tende a enobrecer e amenizar as feridas. Por fim, “Arte Por Encanto”, com um estilo mais alternativo, sintetiza bastante o atual momento da banda que acredita no destino como eterno processo derradeiro do desconhecido.

Conversamos com a banda que nos contou sobre o início da carreira, produção do novo EP e planos futuros. Veja:

FRS: Para aqueles que estão conhecendo o trabalho da banda agora, como foi o início do projeto? 

Souto: O projeto foi idealizado por Vinicius Soares, que apresentou aos seus amigos de infância André Nunes e Felipe Oliveira alguns conceitos e músicas do que mais tarde seria a Souto. Até então a banda se chamava Sunset, foi quando gravamos o nosso primeiro EP intitulado "A Risco". Pouco tempo depois houve a necessidade da troca do nome, por conta da fase transitória em que a banda se encontrava. Após o novo nome e conceitos estabelecidos a afinidade musical e os amigos em comum permitiram que o projeto chegasse a Gabriel Gomes, que logo foi convidado a assumir a bateria, dando início a atual caminhada da Souto.

FRS: Da onde vêm a origem do nome "Souto"?

Souto: O nome Souto, a princípio, vem da junção do nome alma em inglês "Soul" com "solto", que remete ao estilo de vida e ideologia dos integrantes.

FRS: O som da banda tem muita base de rock e reggae. Quais são as principais influências para vocês?

Souto: Nos atraímos bastante por vertentes jamaicanas e seus elementos, assim como Rap, eletrônica e suas nuanças. Algumas das nossas influências são: Chico Science, Criolo, Os Paralamas do Sucesso e Baiana System. 

FRS: Como funciona o processo de composição da Souto? Existe alguém responsável pela melodia e outro pela letra ou é um processo colaborativo? 

Souto: Geralmente as composições são escritas por Vini Soares e André Nunes com algumas colaborações de amigos músicos, como Ravi Santana e Caio Lopes da banda Raco. As melodias geralmente são pensadas no home estúdio de Vini Soares e são levadas para estúdio onde são lapidadas por todos. 

FRS: Vocês recentemente lançaram o EP "Esfera Racional". Como foi o processo de composição e produção do registro?

Souto: O EP começou a ser produzido em janeiro de 2017 no home studio de Vini Soares, e contou com a colaboração da banda Raco. Junto a André T, que assinou a produção e a gravação do disco, escolhemos e finalizamos as músicas, e entre agosto e outubro gravamos no Estúdio T no bairro Rio Vermelho, Salvador - BA. 


Veja o vídeo da música "Vênus":


FRS: O quão diferente o novo trabalho é do seu antecessor, "A Risco"? Ele de alguma forma foi mais desafiador?

Souto: No novo EP buscamos sonoridades mais orgânicas, diferente do "A Risco" onde experimentamos mais timbres eletrônicos. Todo novo trabalho é sempre um grande desafio, não foi diferente com o EP "Esfera Racional", o processo se deu de forma muito natural e com ajuda de André T conseguimos superar as expectativas em relação aos timbres. 

FRS: Qual faixa de "Esfera Racional" mais representa a fase atual da banda? 

Souto: Mineral 

FRS: Para finalizar, quais serão os próximos passos da Souto?

Souto: Pela frente nosso objetivo é trabalhar o novo EP, em forma de clipes, conteúdos e shows.


Ouça "Esfera Racional" na íntegra:


Souto na web

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!