Locus: originalidade unida ao talento e força de vontade

11:01 AM

Locus - Foto: Antônio Ledo
Profissionalismo e dedicação são marcas registradas do quarteto paulistano que vêm conquistando seu lugar no cenário musical

Desde 2006, a cena do rock independente cresce exponencialmente. Cada vez mais é possível perceber que com força de vontade, garra e talento diversos músicos estão alcançando feitos considerados "impossíveis". Um desses exemplos é a banda LOCUS. O quarteto composto por Victor Prandine (Vocais e Guitarra), Guilherme França (Guitarra), Flavio Guimarães (Baixo) e Pedro Cimionatto (Bateria) nasceu em 2012 na cidade de São Paulo. Profissionalismo, dedicação e fidelidade a sonoridade são as principais características da banda. 

Apesar do pouco tempo de estrada, a LOCUS já realizou performances em casas de shows importantes, como por exemplo The Week Brazil, Cine Joia e Hangar 110. Eles também abriram para bandas como Capital Inicial, Mombojó, Scalene, Supercombo, Medulla, Selvagens Á Procura de Lei e mais mais recentemente Vanguart. Além disso, já se consagraram campeões do São Judas Music Festival, Festival de Cultura e Arte do Grande ABC e Festival de música da ESPM.

No dia 08/11/2015 a LOCUS lançou seu mais novo EP, sucessor de "Qualquer Lugar Nenhum" e segundo da carreira, "Efeito Sofá". Esse registro traz cinco composições próprias da banda. Os músicos definem o material como "a concretização da evolução e de todas as novas experiências" que o quarteto têm vivenciado nos últimos meses. O EP foi gravado e mixado por Charles Rodrigues no New Estúdio em São Paulo."São músicas que não não nem tão novas pra gente, sabe? Mas são novidades pro pessoal. Se você ouvir os dois EPs, eu particularmente achei esse último bem diferente em relação ao primeiro. Achei bem mais maduro", afirma Victor Prandine sobre o novo álbum.  

"Efeito Sofá" exibe com clareza as influências musicais do grupo. A sonoridade das faixas transita entre o indie, rock nacional da década de 80 e o britpop. Inclusive, as letras abordam temas cotidianos os quais qualquer ouvinte consegue se identificar quase que imediatamente. "Sempre que eu faço a música que eu gostaria de ouvir. Eu não se as pessoas vão ter o mesmo gosto que o meu. Pra mim, compor letra é isso. É falar do que está acontecendo, situações reais. É reflexão. É o meu tratamento psicológico. Talvez mais do que um exercício poético, é um exercício para mim mesmo. São coisas sempre muito pessoais e é super legal você ver isso transformado em uma músicas e que outras pessoas possam se identificar com isso. Esse é o principal motivo pelo qual eu faço música", explica Prandine.  É possível perceber esses detalhes nas faixas "Aviso Amigo" e "Louco" que já ganhou um videoclipe também, confira: 


Todas as músicas nasceram de composições de Victor Prandine. No entanto, o vocalista explica que a banda toda colabora para lapidar as letras e os arranjos e formar o resultado final. Ele comentou que a faixa "Aviso Amigo" é a mais colaborativa de todas. O EP demorou aproximadamente três meses para ser concluído e dentro do estúdio foram em torno de 50-60 horas.

"Rose" possui linha de guitarra bem suave, bateria ritmada e a letra parece ser um recado para alguém em especial. "Todas as músicas que eu faço elas são sempre baseadas em fatos reais. Rose é bem baseada em uma pessoa sim. Não 100% da letra. Mas, a letra nasceu em dois minutos porque eu estava pensando no impacto disso", disse Prandine. "Aos Pedaços" já é mais acelerada, mais semelhante ao rock britânico, e passa a sensação de querer dar respostas em questões da vida. E finalmente, temos a canção "Não Estou Lá" trazendo uma influência mais oitentista instrumentalmente terminando com um excelente riff de guitarra.

"Locus é uma banda composta por pessoas de verdade, que fazem música de verdade. Músicas sobre coisas que acontecem e sobre o que a gente sente. A Locus é uma banda, eu bato muito nessa tecla, de verdade. Então, as pessoas devem ouvir a Locus se é esse tipo de música que elas estão procurando. Uma música para pensar, mas também não só pensar porque a gente não é só assim. A gente pensa, mas age também. A gente sente. A gente não tem só momentos tristes. Além disso nós somos super simpáticos (risos)", afirma Prandine.

Ouça o "Efeito Sofá" na íntegra: 



Mais informações sobre a banda:
Facebook: https://www.facebook.com/locusoficial
Site: https://locus.bandpage.com

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!