Comic Con Experience 2015: foi de fato épico

2:11 PM

Novidades e muita emoção marcaram o evento que reuniu 142 mil pessoas no São Paulo Expo

Texto: Ingrid Natalie (twitter: @ingridnatalie)

O Brasil se encontra na rota dos países de cultura nerd já á muito tempo. Principalmente com a popularidade de séries como Game Of Thrones, Supernatural, The Flash, Arrow e tantas outras o número de fãs vêm aumentando exponencialmente. Em detrimento ao crescimento de audiência os eventos dedicados ao conteúdo geek estão se tornando cada vez mais frequentes. Nos dias 3 a 6 de dezembro aconteceu a segunda edição da Comic Con Experience no São Paulo Expo. A convenção baseada nos moldes nos moldes das comic cons realizadas em diversas partes do mundo reuniu cerca de 120 mil aficionados quadrinhos, cinema, TV, games, anime, RPG, memorabilia, ficção científica e colecionáveis. 

Logo na entrada, os visitantes eram recepcionados por uma imensa figura, de aproximadamente 3 metrôs, do Hulk e do Homem de Ferro reproduzindo uma das cenas mais marcantes do filme "Os Vingadores: A Era de Ultron". Imediatamente as pessoas já tiravam celulares e câmeras fotográficas para registrar o momento. A exposição foi trazida pela Iron Studios, que além do universo marvel, também presentou o público com  peças exclusivas de personagens da DC Comics. Aliás, não faltaram exposições de action figures e colecionáveis. Impossível não se impressionar com o tamanho e a riqueza de detalhes.

Várias marcas e lojas importantes também marcaram presença na Comic Con Experience. Jandaia, uma das maiores fabricantes de cadernos e agendas do Brasil, montou um lindo estande com muitos produtos inspirados na Mulher Maravilha, Batman, Superman e outros super-heróis. A loja mundo geek com numerosos itens de coleção. A JBC levou um estando bastante vistoso e fez promoção de alguns títulos publicados pela editora. Era completamente compreensível se perder no meio de tantos artigos únicos e encantadores.

Estande da JBC. Foto: Ingrid Natalie
Público conferindo novidades do filme X-Men-Apocalipse. Foto: Ingrid Natalie
Obviamente que os cosplayers não ficaram de fora dessa celebração nerd. A perfeição com a qual eles conseguiram dar vida aos personagens foi de encher os olhos. Todos muito caprichados e muito bem feitos.

Cosplayers de Mortal Kombat. Foto: Ingrid Natalie
Cosplayers de mulher gato e arquelina. Foto: Ingrid Natalie
Agora vamos para uma das partes mais importantes, os painéis. Emocionando todo o público presente Maurício de Sousa, o “pai da Mônica”, anunciou em primeira mão que a Turma terá seu primeiro filme em live action. “Turma da Mônica – Laços”, baseado na graphic novel homônima, está em fase de desenvolvimento de roteiro e argumento. A produção será uma parceria entre a Maurício de Sousa Produções e a Quintal Digital, que já trabalhou ao lado de grandes estúdios da indústria cinematográfica, como Disney e Universal.

O ponto forte do enredo será, claro, a amizade entre os quatro principais personagens dos quadrinhos de Maurício de Sousa – Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão – e terá ares de fime dos anos 80. “Quando pensamos na história, pensamos em algo com a cara de ‘Os Batutinhas’, ‘Os Goonies’ e ‘Conta Comigo’, que são filmes que gostamos”, conta Sidney Gusman, responsável pela produção editorial da MSP.

Além desse anúncio, foram celebrados os 80 anos do autor e quadrinista, com direito ao “Parabéns pra você” cantado pelo público, muito participativo durante toda a palestra. Entrando no clima geek do evento, a Mônica e o Cebolinha, na versão jovem – apareceram vestidos de Princesa Leia, da saga Star Wars, e Harry Potter, respectivamente.

Uma das palestras mais aguardadas era de Frank Miller, considerado um dos artistas mais importantes dentro dos quadrinhos. Ele foi convidado de honra do evento e veio para dar mais detalhes sobre a terceira parte da série O Cavaleiro das Trevas e Sin City 1945. O painel, apresentado por Marcelo Hessel (do portal Omelete), contou com curiosidades sobre suas obras nos quadrinhos e no cinema, piadas e a famosa “rabugice” do autor. Por exemplo: quando questionado se já havia assistido à série baseada em um dos personagens que mais marcaram sua carreira como quadrinista (Demolidor, produzida pela Marvel e pelo Netflix), Miller respondeu com um simples ‘não’.

As fortes opiniões do “pai de Elektra” (popular personagem do universo Marvel) guiaram o rumo da conversa. “Considero o cinema como a mídia mais poderosa, mas não gosto do modo como as coisas são feitas em Hollywood”, declarou. O grande momento da apresentação – que comoveu todo o Auditório Cinemark – foi quando Miller, ao se deparar com um elogioso e emocionado fã, levantou-se da cadeira para autografar a HQ 300 (um de seus trabalhos mais famosos) e tirar uma ‘selfie’ com o sortudo.

Evangeline Lilly durante painel na Comic Con Experience 2015. Foto: Ingrid Natalie
Evangeline Lilly fez um dos painéis mais divertidos do evento. A atriz contou sobre como conseguiu o papel de Kate na série Lost. Ela disse que foi a primeira audição a carreira e que os produtores ligaram para ela somente três dias depois do teste. A canadense também mencionou o quão difícil se tornou morar em um lugar completamente diferente e que adorou o final polêmico do programa. "A intenção dos produtores era de fazer Lost como uma religião. O objetivo é fazer a pessoa encontrar sua própria resposta",  comentou Lilly. Esbanjando muito simpatia ela comentou de como conquistou o papel de Tauriel no filme "Hobbit", “Sou fã da saga, eu sonhava em ser uma elfa desde os 13 anos de idade. Fazer a Tauriel, que não está nos livros, foi uma oportunidade de participar de uma criação dentro de um universo pronto”. Sobre o papel da Vespa em “Homem-Formiga”, ela disse que nunca havia assistido a um filme da Marvel, mas ficou intrigada quando soube da participação de Paul Rudd. Em seguida, despistou sobre a sequência, programada para 2018. “Ainda não sei do roteiro, mas gostaria que ela tivesse um filho. E que sua mãe fosse Michelle Pfeifer”, brincou.

A UniDub montou um estúdio móvel onde o público viu dublagens ao vivo! Wendell Bezerra, dublador de Goku e Bob Esponja, é um dos professores no estúdio. Foto: Ingrid Natalie
São tantas novidades que é difícil resumir. A Disney realizou a pré-estreia do filme "O Bom Dinossauro" que terá lançamento em 7 de janeiro no Brasil. “Procuramos fazer um filme que respeitasse a natureza: bonito, poético e misterioso ao mesmo tempo”, afirmou o diretor Peter Sohn após a exibição. A Netflix trouxe com exclusividade o trailer da segunda temporada da série "O Demolidor", no qual é possível ver o personagem lutando contra o anti-herói, Justiceiro. Trailers ainda não divulgados de "Capitão América: Guerra Civil" e "Stars Wars: O Despertar da Força" levaram o público ao delírio.

Teve muito rock'n'roll também na CCXP! Encontramos uma banda tocando heavy metal da melhor qualidade.
Foto: Ingrid Natalie
Teve banda tocando músicas de animações japonesas. Foto: Ingrid Natalie
Uma das hashtags da Comic Con Experience era: vai ser épico. E de fato foi! A proposta do evento é de trazer um pouco da experiência que os fãs vivem na Comic Con de San Diego, considerada a maior do mundo. Em termos de organização não fica nenhum um pouco atrás do evento americano. Painéis extremamente bem conduzidos, estandes grandes, cosplays vistosos, artistas e quadrinistas consagrados marcaram a CCXP. A única ressalva a se fazer deve-se em questão do translado entre a estação Jabaquara até o São Paulo Expo, alguns restaurantes na praça de alimentação que cobraram preços acima do comum e no Auditório Ultra quem sentava na lateral tinha a vista bloqueada por uma pilastra. No geral a Comic Con Experience foi satisfatória e mostrou que a cultura geek continuará propagando-se por muito tempo.

Posts Que Talvez Você Goste

1 comments

  1. Oiii! Foi demais o evento! Uma pena que fui apenas no domingo. Mas nesse dia acho que vale a pena mencionar também a exibição de um teaser inédito do filme da Liga da Justiça no painel da Warner, a exibição exclusiva do maravilhoso "Creed" e o painel da Netflix que contou com Adam Sandler, Terry Crews, Jorge Garcia e Taylor Lautner. E ainda depois teve exibição surpresa do filme. Foi épico demais! Mal posso esperar pelo ano que vem. Um abraço!
    Instagram: @outrofabinho

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!