Thirty Seconds To Mars empolga público paulista em show repleto de bom humor

4:13 PM

Boa música, simpatia e conexão forte com os fãs ditaram as regras no show do Thirty Seconds To Mars na última quinta-feira, 16/10, em São Paulo

Por: Ingrid Natalie (@ingridnatalie)

Primeiramente os fãs levaram um susto em Maio quando a banda Thirty Seconds To Mars adiou os shows para Outubro. Porém, após meses de espera valeu a pena acompanhar Jared Leto, Shanon Leto e Tomo Milicevic  em uma performance espetacular nesta quinta-feira, 16/10, no Espaço das Américas em São Paulo.

A introdução ao som da opera "Carmina Burana: O Fortuna" deu o anúncio ao começo do show às 21:10. Foi praticamente impossível ouvir os vocais de Jared Leto durante "Up In The Air", primeira música do setlist, devido os gritos eufóricos dos fãs. O termômetro do Espaço das Américas só aumentava a medida que o trio dava sequência ao repertório. "Search and Destroy" proporcionou uma das primeiras interações de Jared que disse, "Vamos pular tão alto que vamos tocar o teto!". Em "This Is War", uma das preferidas dos fãs, balões imensos ficaram flutuando em cima do público que  os estouraram durante a execução de "Conquistador".

Balões organizados pelos fã clube. Foto: Ingrid Natalie
 Muito carismático e preocupado com seu público, Jared pediu para que dessem água a todos que pedissem, especialmente os que se localizavam na grade, e deu uma "bronca" devido ao ar condicionado que aparentava estar desligado. Após isso aconteceram várias outras interações divertidas e cheias de bom humor. Um fã subiu ao palco, a pedido de Jared, e juntamente com o vocalista ajudou a escolher qual lado da plateia mostrava mais energia durante a canção "Do Or Die". Jared tirou vantagem do momento para carregar uma bandeira do Brasil e dizer "vida longa ao Brasil".

Amante declarado de açaí! Foto: Ingrid Natalie
Em seguida tocaram "City Of Angels" uma das canções mais pessoais do disco "Love, Lust, Faith and Dreams" (2013) que retrata a visão de Jared Leto a respeito da cidade natal do trio, Los Angeles. Dando continuidade a apresentação chegou a hora de dar uma resfriada para poder recuperar o folêgo, por isso o baterista, Shannon Leto largou as baquetas por uns minutos e tomou posse dos teclados para “End Of All Days” e depois com violão tocou “L490”. A música recebe o nome da pílula de naproxeno, remédio usado no tratamento da gota, doença que afeta as articulações devido a formação de cristais de ácido úrico. Em 2007, após filmar Chapter 27, Jared foi diagnosticado com a doença em 2007 durante as filmagens de "Chapter 27".

A sessão intimista se manteve, mas agora a atmosfera era Jared sozinho com os fãs. Ele perguntou se tinham algum pedido especial e claramente fez uma trinca de músicas que emocionou a todos: "Hurricane", que funcionou muito bem apenas na voz e violão, "Alibi" e "The Kill (Bury Me)". Não deu para atender todas as solicitações que incluíram dois sucessos importantes do trio "A Beautiful Lie" e "From Yesterday", que veio a ser tocada no final do show. Obviamente ouviram mais do que pedidos de músicas,“alguém acabou de me pedir para ser minha ‘baby mama’ brasileira. Quem quer que tenha dito isso tinha a voz bem grossa, o que não tem problema”, exclamou Leto.

Jared Leto, uma personalidade que consegue ter relevância tanto na música como no cinema. Ato que poucos
conseguem alcançar. Foto: Ingrid Natalie
Um dos momentos mais engraçados foi quando Jared perguntou aos fãs, "Quem já nos viu antes? Quem está nos vendo pela primeira vez? Quem está gritando só porque não está entendendo o que eu falo?" enchendo o local de risos. Ele decidiu fazer um vídeo de seu celular e fez uma pesquisa da onde o vídeo deveria ser postado perguntando, “Vamos fazer um vídeo! Instagram ou Snapchat?”. A mídia vencedora foi o instagram, veja o resultado: 

Carregando
Long live #ACAI!!!! #brasil #LoveLustFaithDreamsTour

Depois de registrar os fãs fazendo coro dos fãs em “Bright Lights”, que seria tocada ao final do show, Jared escreveu a legenda do vídeo. “Que tal: ‘Vida longa ao açaí’?”, brincou. “Hashtag açaí, Hashtag Brasil. Brasil é com ‘Z’ ou com ‘S’? ‘S’! Fodam-se os americanos. Acho que acabei de mandar a mim mesmo, pensando bem.”

A penúltima vinda do Thirty Seconds To Mars aconteceu no festival Rock In Rio 2013 e a banda possui boas recordações desse show. Jared iniciou uma campanha para levar o Thirty Seconds To Mars na próxima edição do Rock in Rio. “Quem aí nos viu no Rock in Rio [de 2013]? Aquele show foi incrível. Acho que todo mundo devia pedir para a gente tocar no ano que vem. A gente podia fazer uma petição online. Logo depois, dedicou “The Kill” a “uma das melhores plateias do mundo, cheia de paixão e loucura.” 

O encore foi programado para aqueles fãs mais saudosistas, “Attack” e “From Yesterday” fizeram a primeira aparição nessa turnê. A canção “Vox Populi (A Call to Arms)” teve direito a foto com a plateia e o anuncio do fim do show.

“Sempre fazemos algo especial para a última música. Sempre fazemos uma pergunta: ‘Quem quer subir ao palco?", perguntou o vocalista. Vários fãs subiram ao palco para agitar na execução da  épica “Closer to the Edge”. “Vejo vocês no Rock in Rio!”, afirmou Jared, cheio de confiança, ao sair do palco toco coberto de papel picado branco. O show terminou ás 22:50 com gosto de quero mais.

Setlist Completo:
- Up in the Air 
- Search and Destroy 
- This Is War 
- Conquistador 
- Kings and Queens 
- Do or Die 
- City of Angels 
- End of All Days 
- L490 
- Hurricane 
- Alibi 
- The Kill (Bury Me) 
Encore:
- Bright Lights 
- Attack 
- From Yesterday 
- Vox Populi (A Call To Arms)
- Cowboys From Hell (cover do Pantera)
- Closer to the Edge 

Posts Que Talvez Você Goste

2 comments

  1. Parabéns pela matéria!!! Me senti no show. haha

    ReplyDelete
  2. Melhor crítica que li até agora. PARABÉNS!!!

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!