Faith No More anuncia novo álbum para 2015

4:27 PM

18 anos depois, Faith No More está de volta com disco de inéditas
Por: Ingrid Natalie (@ingridnatalie)

Faith No More, uma das bandas mais influentes dos anos 90, está de volta e promete álbum novo para 2015. Após 18 anos desde o último disco, o grupo californiano se reuniu em estúdio novamente, na cidade de Oakland, para gravar músicas inéditas e sem dúvidas deixou vários trintões e quarentões animadíssimos. Afinal, sucessos como "Falling To Pieces", "Midlife Crisis" e o mega hit "Epic" marcaram gerações. O novo trabalho ainda não tem nome e será o sétimo da carreira.

Faith No More tem em sua formação o multi-talentoso Mike Patton (vocal), Billy Gould (baixo), Mike Bordin (bateria), Roddy Bottum (teclados) e Jon Hudson (guitarra). Os álbuns gravados até agora são: "We care a lot" (1985), "Introduce yourself" (1987), "The real thing" (1989), "Angel dust" (1992),  "King for a day... Fool for a lifetime" (1995) e "Album of the year" (1997).

Bill Gould concedeu entrevista a Rolling Stone e revelou alguns detalhes sobre da nova empreitada. "O que eu posso dizer é que eu acho que através da nossa experiência como músicos ao longo dos anos, eu acho que o que estamos fazendo reflete onde fomos desde que fizemos o nosso último álbum como Faith No More. Eu acho que isso melhoras as coisas. E eu acho que há partes que são muito poderosos e não há partes que têm um monte de "espaço". Tudo o que fazemos, com a nossa química, a nossa forma de tocar; sempre vai soar como nós. É só o que fazemos, que nos faz sentir bem. Esperemos que isso não soe como um bando de 50 anos de idade, homens ... que nós somos! [Risos.]", brinca Gould a respeito da sonoridade do novo álbum.


Ainda segundo a entrevista de Gould, o próximo disco será cem porcento independente, tanto que a produção será assinada pelo próprio baixista. O selo de lançamento, Reclamation Records, também pertence ao Faith No More. Além disso, a distribuição é da Ipecac Recordings, que pertence a Patton. "É realmente capacitar a dizer: "Uau, é o nosso relógio, nós estamos fazendo isso em nosso próprio tempo, não há orçamento, não há prazo - ele só tem que ser bom.". É um prazer trabalhar assim", revela Gould sobre a independência de gravar.

"Motherfucker", primeiro single do álbum, que estreou no Hyde Park, em Londres, em julho, será lançado em um de sete polegadas com lançamento previsto para 28 de novembro e limitada a 5.000 cópias como parte do Black Friday do Record Store Day. O lado B será um remix pelo designer de som eletrônico art-pop JG Thirlwell.

Sabemos que a banda tem alguns shows agendados ao redor dos Estados Unidos. Torcemos para que o grupo volte logo ao Brasil. Enquanto isso vamos relembrar a última passagem deles no festival SWU 2011:




Fonte: Rolling Stone

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!