Noite Cinza alcança altos voos com ep de estreia

10:05 AM

Noite Cinza - Foto: divulgação

Quarteto santista aproveita os bons ventos oriundos do EP "Cinza" (2019) e se consagra um dos finalistas do concurso Girls Rock da Kiss FM

A baixada santista já se tornou ponto de referência do hardcore nacional trazendo bandas como Charlie Brown Jr e Garage Fuzz. Agora, nos apresenta Noite Cinza, um quarteto cheio de atitude formado por Isis Tomaz (voz e guitarra), Iracema Almeida (baixo) e Amanda Ferreira (guitarra e voz) e Vinnie Grillo (bateria). A banda carrega em seu DNA influências que vão do rock alternativo até post hardcore, dentre alguns dos nomes que inspiram a sonoridade estão Thrice, Paramore, Circa Survive, Emarosa e Alexisonfire. 

Isis, Iracema e Amanda já tinham um entrosamento musical de quase 1 década. No entanto, apenas no final de 2018, elas sentiram que era a hora certa de levar o projeto para um patamar mais elevado. Desde então, a banda tem se reinventado e se estruturado de forma muito madura. Em janeiro de 2019,  ainda como trio, Noite Cinza finalmente lançou o primeiro registro de estúdio que naturalmente foi intitulado "Cinza", um EP com 7 faixas que abordam questionamentos internos e do cotidiano. O trabalho teve uma repercussão tão positiva que resultou em diversos convites de shows no litoral e interior  paulista e na grande São Paulo, isso sem mencionar a conquista do terceiro lugar em uma dos mais importantes festivais da cidade de Santos. 

Recentemente, Noite Cinza também foi uma das bandas finalistas do concurso Girls Rock da rádio Kiss FM. O concurso tem como finalidade encontrar novos talentos femininos do rock'n'roll. E não foi um feito tão fácil! A banda foi avaliada pelos olhos de Tarja , ex-vocalista do Nightwish e um dos ícones do metal melódico. Atualmente, a banda, agora como um quarteto, está produzindo seu próximo EP, "Kuro/Shiro", com lançamento previsto para 2021. 

Confira a entrevista com a banda que nos detalhou tudo sobre o momento atual e a produção do próximo trabalho de inéditas:

FRS: Vocês já têm um entrosamento musical de quase 1 década, apesar de terem começado oficialmente a banda em 2018. Como foi esse início e o que mais motivou vocês a de fato começarem o projeto? 

Noite Cinza: Sim, esse ano fez 10 anos que toco com a Amanda, já tivemos outros projetos anteriormente, inclusive uma outra banda. A Noite Cinza veio em 2019 como renovação do que fazíamos, mas com maturidade e organização. Nossa estreia veio acompanhada do EP, clipe, show de lançamento, bem diferente de como trabalhávamos nos outros projetos.

FRS: A banda carrega uma forte influência de hardcore na sonoridade. Quais são as suas principais referências?

Noite Cinza: No primeiro EP que lançamos com certeza o Post HC era a maior referência pra nós. Bandas como Alexisonfire, Thrice, Paramore e Circa Survive foram as maiores influências. Hoje, compondo nosso segundo trabalho, caminhamos pro Rock Alternativo e incluímos novas referências até do Pop, gostamos muito de Tuyo, Cefa, Pvris e Movements.

FRS: Na sua opinião, qual o significado de serem uma banda de rock feminino tocando hardcore? 

Noite Cinza: É fato que somos uma minoria no rock, mas eu (Isis) sempre me cerquei de bandas com meninas. Lembro que o primeiro show que assisti presencialmente eram só de bandas com mulheres na formação e isso fez um grande BOOM na minha cabeça, despertando a vontade de ter algo parecido. Espero que um dia a gente consiga acender essa faísca em outras meninas.

FRS: Como funciona o processo de composição para Noite Cinza?

Noite Cinza: No primeiro trabalho compomos praticamente o EP inteiro juntas, queríamos que ele tivesse a mão de todos os integrantes por completo. Já nesse segundo a Amanda (Guitarra) tem escrito o instrumental e gravado em casa. Tentamos trocar ideias pela internet sobre letras e melodias, e assim que as coisas melhorarem começaremos a nos reunir para alinhar melodia/letras/instrumental.

FRS: O primeiro EP, "Cinza" de 2018, levou cerca de dois anos para ser apresentado ao mundo. Quais foram os maiores desafios na gravação do trabalho de estreia?

Noite Cinza: Exatamente por querermos que o EP tivesse mão de todos na hora da composição ficávamos presas as datas em que as 3 estivessem livres para reuniões. Então o Cinza começou a ser escrito muito antes do que todos imaginam, foi gravado em meados de 2018 e lançado só em 2019.

Assista ao vídeo da música "Polar": 



FRS: Falando em lançamento, vocês divulgaram o clipe para o novo single "Solstício". Pode nos contar mais sobre a composição da música e o processo de gravação do clipe?

Noite Cinza: Junto com "Plus", ela é a faixa que abre o EP "Cinza", é uma música de uma energia bem forte, sempre tivemos vontade de lançar um clipe para ela. Para nós como banda independente, com poucos recursos, é sempre um desafio produzir os próprios videoclipes. 

Assista ao vídeo de "Solstício":


FRS: Noite Cinza recentemente participou do projeto Girls' Rock da Kiss FM. Como veio o convite e qual a sensação de tocar nessa Live tão especial?

Noite Cinza: O Girls Rock foi na verdade um concurso com objetivo de identificar novas bandas e novos talentos femininos do rock. Foram bandas do estado todo inscritas. A curadoria ficou por conta de Tarja Turunen (ex Nightwish), Érika Martins (Autoramas), Prika Amaral (Nervosa), Emmily Barreto (Far From Alaska), Isadora Basile e Aline Cardoso. Foram 5 bandas vencedoras e foi uma baita honra tocar nessa live. Além da visibilidade e reconhecimento, é sempre muito massa quando a gente se une e conhece outras bandas com mulheres na formação. 

FRS: Para fechar, o que o ano de 2021 projeta para Noite Cinza? 

Noite Cinza: Estamos compondo o novo EP, chamado Kuro/Shiro, mas não temos ideia de quando começarão as gravações ou algo do tipo. Assim que possível pretendemos fazer um show de ''encerramento'' do Cinza, para dar andamento a nova fase da banda. 2021 será um ano de recomeço para todos os artistas, acreditamos que todos virão com uma força absurda e novas histórias para contar.


Posts Que Talvez Você Goste

0 comentários

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!