Clutch remarca show em São Paulo para maio de 2021

6:30 PM

Clutch - Foto: divulgação
Cultuada e veterana banda norte-americana faz show único em São Paulo, dia 2 de maio de 2021

A tão aguardada passagem dos veteranos do Clutch ao Brasil foi remarcada em razão da pandemia do Covid-19. A única apresentação em terras tupiniquins acontece dia 2 de maio de 2021, no Fabrique Club em São Paulo. Os fãs que já adquiriram ingressos não precisam trocar. Todos os ingressos comprados anteriormente continuarão válidos. Quem tiver interesse pode comprar através do site Pixel Ticket. O preço de primeiro lote é R$110. 

Desde a década de 1990 na estrada e com 12 discos lançados, Clutch é um dos nomes mais importantes do hard rock/stoner mundial. A banda segue recebendo altas notas e coleciona elogios nas resenhas de álbuns e apresentações ao vivo. Isso sem mencionar que estão no mesmo nível dos figurões do Kyuss, Truckfigters, Red Fang e Monster Magnet, sempre com suporte de produtores requisitados em estúdio.

A nova passagem pela capital paulista traz um Clutch com mesmo o brio e peso dos velhos tempos. É a turnê do 12º disco, "Book of Bad Decisions", lançado em 2018 e que, já na primeira semana disponível no mercado, vendeu mais de 26 mil cópias nos Estados Unidos, o que rendeu à banda o terceiro Top 20 consecutivo na Billboard 200.

"Book of Bad Decisions" é um registro sólido e impactante. O álbum foi gravado no famoso Sputnik Sound, em Nashville (Tennessee), com o premiado produtor Vance Powell, o homem que carrega consigo seis Grammys e a mente criativa por trás de discos de Jack White, The Raconteurs e Arctic Monkeys.


O Clutch é uma potência do rock. Começou em 1990, em Maryland (EUA), e chegou a lançar o primeiro EP – Pitchfork – pela primeira gravadora do Metallica, a Megaforce Records; desde então, se mantém na ativa com composições bombásticas, que mistura stoner rock, blues, hard, rock n’ roll a la Mortorhëad (um dos hits, “One Eye Dollar”, já foi considerada o “Ace of Spades” do Clutch pelo lendário e saudoso Lemmy Kilmister, do Motörhead) e tem até mesmo uma pitada de country. O groove é marcante, seja no instrumental refinado como no vocal enérgico de Neil Fallon.

Assista ao vídeo de "How To Shake Hands" do álbum "Book Of Bad Decisions"

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!