Level 11 divulga "Verônica"

5:15 PM

Level 11 - Foto: divulgação
O novo single divulgado nesse sábado, 28/03, é uma bela canção que tem o propósito de levar um sentimento positivo  

Texto: Ingrid Natalie (instagram: @femalerocksquad)

Neste sábado, 28/03, Level 11 lançou seu novo single "Verônica". Apesar de ter sido gravada recentemente, a música já tinha sido escrita pelo vocalista Marcelo Júnior e sua primeira banda há 20 anos. Ele comenta, "a canção tinha se perdido no tempo até que hoje ela ganhou vida e sentido através da Verônica". A personagem é real e é uma fã da banda que tem um papel importante na vida do vocalista. "Com toda a sua gentileza me ajudou a superar um desafio que para mim estava sem saída", completa.

A história foi traduzida em uma melodia suave, tocante e com uma letra bela na qual podemos totalmente nos identificar. A composição também conta com a colaboração do músico Thiago Martins que realizou um solo extremamente marcante.

Por todo esses diferenciais, a música ganhou um videoclipe muito bem produzido por Raphael Sarle. O vídeo conta a história de um casal interpretado pelos atores Rafael Sopran e Thais Reis. O casal está passando por dificuldades no relacionamento principalmente pela indiferença do homem e solidão da esposa que não sabe o que passa pela mente do marido, no entanto, surge uma oportunidade de recomeço. Essa energia e as palavras positivas que tornam a música e o vídeo tão apaixonantes e viciantes.

Conversamos com Marcelo Júnior que nos contou a respeito de todo o processo de composição da música e do vídeo. Confira:

FRS: Como foi a composição da música?

MJ: Começou há 20 anos atrás. Isso é sério (risos)! O riff principal era parte de uma canção que tocávamos na nossa adolescência, mas a canção tinha se perdido no tempo até que hoje ela ganhou vida e sentido através da Verônica. Ela (Verônica) de forma incrível com toda a sua gentileza me ajudou a superar um desafio que para mim estava sem saída.e quando ela pediu uma canção para ela. Eu ouvi naquele momento o riff do passado, como se ele estivesse guardado para ser um presente para ela e então terminei a poesia e começamos a trabalhar na canção.

FRS: Quais foram as principais influências para a a sonoridade da música?

MJ: A principal influência foi "Light My Way" do U2. Em cada instrumento, eu queria trazer aquela "vibe" de paz, de suavidade que essa canção possui a bateria alegre, o baixo romântico, a guitarra leve, o solo hipnotizante e o cuidado da voz. Tinha que trazer dor, mas com esperança de recomeço. Quando ouço o resultado final e recebo hoje o público dizendo que a canção está "apaixonante" ou que é "viciante" tenho a certeza que chegamos onde tinha que chegar. Uma canção que daqui 10, 20 anos ainda será prazeroso subir nos palcos e levar esse sentimento para as vidas que estarão conosco.

FRS: A música tem a participação de Thiago Martins. Como aconteceu a parceria e como ele colaborou no resultado final? 

MJ: Thiago é o nosso mestre das guitarras. Ele é o meu professor e do Dinda, estamos há meses fazendo aulas com ele e nesse processo começamos a sentir que ele possui a vibe que a Level11 busca, pessoas de luz ou os #lightlevel´s (risos). Durante uma aula de harmonia, eu mostrei o riff com algumas modificações que aprendi através dele. Ele disse que estava lindo o som e por isso não pensamos duas vezes em convida-lo para participar da produção.

Lembro que no momento de criar o solo ele fez algo bem "fritação", modo de dizer que tava na pegada virtuosa demais (risos), e eu disse para ele, "tira notas desse solo e deixa algo mais romântico, algo mais dócil" . Então, ele enviou o novo solo pelo whatsapp. Eu ouvi e liguei para ele de imediato, ele atendeu e eu disse "meu Deus, você me fez chorar. Cada nota tá no lugar certo. Você alcançou a canção!"

Por fim, entramos em estúdio com ele e tudo fluiu com tanta paz e tranquilidade que se você deitar no seu quarto, apagar as luzes e ouvir "Verônica"  sentirá a harmonia dentro de você!  

FRS: Sobre o clipe, como surgiu o conceito do vídeo e o que pode descrever sobre o processo de gravação?

MJ: Toda canção nasce com uma história. Eu tenho hábito de escrever rascunhos de roteiros de cada canção, pois o nosso desejo é sempre ter condições de produzir videoclipes. Porém, a realidade é bem difícil para uma banda independente.

Então, para "Verônica" eu havia guardado um roteiro com várias idéias aleatórias de cenas e locais e quando escrevo os roteiros eu imagino que trabalho em Hollywood então coloco idéias bizarras para a nossa realidade. Nesse, por exemplo, eu havia escrito que uma das cenas seria filmada dentro de um shopping em São Paulo. Para mim seria simples fechar um shopping e gravar (risos), mas ainda bem que encontramos o parceiro certo para a produção, Raphael Sarle.

Ele leu, releu e foi adaptando roteiro para a nossa realidade (risos). Tínhamos 48 horas para gravar o clipe utilizando uma equipe com 13 pessoas e em 5 locais diferentes. Foi algo bem audacioso, mas que graças ao empenho e dedicação de todos resultou nessa história linda que tá aí só pra sempre.

Assista ao vídeo de "Verônica":


Posts Que Talvez Você Goste

1 comments

  1. Demais! Nós da LEVEL11 somos gratos pela oportunidade!

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!