Shadowside e SupreMa se unem em noite de festa

1:51 PM

Douglas Jen, líder do SupreMa.

Texto / Fotos: Ingrid Natalie (@ingridnatalie)

A casa de shows Via Marquês (Av. Marquês de São Vicente, 1589, Barra Funda) recebeu no último domingo, 26/05, as bandas Shadowside e SupreMa. Era uma noite tremendamente significativa para ambos os grupos, poi foram seis anos sem fazer shows completos na capital paulista. A produção, feita pelo site Wikimetal, foi digna de show internacional.

O clima antes do começo do evento era de total confraternização e de intimidade. Observamos Fabio Buitvidas, baterista do Shadowside, caminhar entre o público tirando fotos e conversando, claro, isso até ás 19:30 quando o SupreMa iniciou o show. O grupo de metal progressivo formado por Douglas Jen (guitarra), Pedro Nascimento (vocal), Fernando Castanha (bateria) apresentou o novo baixista Fabio Carito e  lançou o álbum "Traumatic Scenes" que compôs a maior parte do setlist. 



Pedro Nascimento mostrou o potencial da sua voz e ao
 lado Fabio Carito debutando seus sons no SupreMa. Foto: Ingrid Natalie

O baixista Fabio Carito teve trabalho em dobro. Se apresentou com o
SupreMa e Shadowside na mesma noite e deu conta do recado.

Shadowside, a grande estrela da noite, subiu ao palco ás 21:30. Dani Nolden, avisou que a banda havia prometido uma verdeira e imperdível festa de heavy metal, e honrou as palavras. O setlist foi bem variado, contendo músicas dos 3 álbuns de estúdio. Em "My Disrupted Reality" do premiado álbum "Inner Monster Out" (2011) Dani perguntou "Alguém já viu fantasmas? Cada vez que faço essa pergunta mais pessoas levantam as mãos". O clímax certamente surgiu em "Hideaway" do álbum "Dare To Dream" (2009), o público presente cantou em uníssono e ao final Raphael Matos executou um impressionante solo de guitarra. Após tocarem "In The Name Of Love" fizeram um tremendo medley do disco "Theatre Of Shadows" (2005) com as músicas "Vampire  Hunter", "Illusions" e  "We Want A Miracle". O show terminou ás 23:00 com Shadowside e SupreMa juntos no palco tocando os clássicos "Aces High" do Iron Maiden e "Ace Of Spades" do Motorhead.

Dani Nolden até ajudou o baterista Fabio Buitvidas a jogar as baquetas após
a execução de  Gag Order. 

Raphael Matos esbanjou muito virtuosismo. Foto: Ingrid Natalie

Dani Nolden fazia contato visual com os fãs todo instante. Foto: Ingrid Natalie
No geral a produção do evento transcorreu tranquilamente, desde a entrada do público, acústica da casa e a produção de palco. Houveram apenas pequenos problemas de microfonia em alguns momentos do show do SupreMa. A produção de palco das duas bandas valeu uma nota alta, relógio gigante girando em sentido anti-horário para o palco do SupreMa e para show do Shadowside os telões que cercavam a pista do Via Marquês mostravam imagens da passagem do grupo santista na Europa durante a Hellish Rock Tour. O mais prazeroso foi assistir a entrega das 2 bandas, e mais ainda no caso do Shadowside que retornou de uma extensa turnê e não apresentou nenhum cansaço.

Confira o setlist completo do show do Shadowside:

I'm Your Mind
A.D.D
HighLight
In The Night
My Disrupted Reality
Hideaway
Gag Order
Inner Monster Out
Habitchual
Baby In The Dark
In The Name Of Love
Medley: Vampire Hunter / Illusions /We want a miracle
Angel With Horns
Waste Of Life
Aces High
Ace Of Spades 


Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!