Robert Plant e aquele show que você vai contar pros seus filhos que foi

2:05 PM



Aqui estou eu, em frente ao PC, naquele típico dilema que só o horário de verão é capaz de causar: “Tomar café ou almoçar?” (É nisso que dá dormir tarde e ter o relógio biológico desregulado), ao mesmo tempo em que encaro mais uma daquelas ‘depressões pós-show’ que sempre me acometem depois que vejo a apresentação de uma banda/artista que eu gosto muito.

Todos já devem saber, mas por decoro não custa repetir que Robert Plant está em terras brasileiras esta semana para uma série de apresentações, que já foram feitas no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e é claro nossa capital, que acaba de entrar na lista das cidades que tiveram o privilégio de assistir ao show desta lenda de perto.

A apresentação estava marcada para as 22h00, mas sabemos que aqui sempre rola aquele atraso para deixar a galera doida com aquela expectativa. Dez minutos depois a banda e o homem finalmente pisam no palco, arrancando aplausos copiosos da multidão. Uns choraram, outros ficaram atônitos e a maioria assobiava e gritava sem parar. É, realmente ele estava ali e era real. A banda abriu o show com “Tin Pan Valley” e “Another Tribe” que pertencem á carreira solo de Plant.

Na terceira música, a primeira surpresa agradável da noite: Assim que os primeiros acordes de “Friends” foram reconhecidos, a multidão se empolgou. Aliás, vamos ser bem realistas: 99,9% dos presentes  estavam doidos mesmo para ouvir qualquer coisa do Led Zeppelin, embora fosse um show do Robert Plant como artista solo.

Após o momento “Ai-meu-Deus-não-acredito-que-ele-cantou-uma-música-do-Led-Zeppelin-ao-vivo-e-eu-vi”, mais uma música relativamente desconhecida do grande público: "Spoonfull" que na verdade é cover de Howlin Wolf  que ele tem feito ao longo da turnê e “Somebody Knocking”, também de sua carreira solo. Claro, não eram aquelas canções que a galera sabia cantar de cor, mas isso não foi nenhum problema, pois o que importava mesmo era ver o cara cantando e mais nada.

Robert Plant e sua banda.
Em seguida veio “Black Dog” para alegria geral dos fãs das antigas (Embora executada de uma maneira quase irreconhecível, mas não menos interessante), “Song to the Siren” que era mais um cover, e a também ‘Zeppeliana’ “Bron-Y-Aur Stomp”.

O destaque veio mesmo quase no final do show, com “Four Sticks”, “Ramble On” e é claro a mítica “Whole Lotta Love” que todos cantaram em peso. Jovens, velhos, famílias inteiras acompanharam Plant nessa hora, sinal de que boa música jamais envelhece e o Rock ainda permanece mais vivo do que nunca.

Uma pequena pausa é feita antes do ‘gran finale’. E agora? O que viria? Sim, talvez muitos já soubessem o que estava por vir, mas sempre é bom fingir que não se sabe de nada para a surpresa ficar mais deliciosa e valer a pena.

A banda retorna ao palco e, pra acabar de vez com os corações frágeis incluindo o meu, “Going to California” foi a escolhida para fazer parte do bis. Nem é preciso dizer que o ginásio entrou em transe e, mais uma vez, todos cantaram em perfeita sintonia com o vocalista. Sim, meus caros, realmente eram muitas emoções juntas e misturadas naquela hora.

E para fechar com chave de ouro, “Rock’n’Roll” foi a última música da noite. Se até o presente momento o público oscilava na animação, com este classicão do Led Zeppelin não teve quem ficasse parado. Todos pularam, cantaram, berraram a plenos pulmões...Era o fim de mais um show que iria ficar para sempre na lembrança de todos os que estavam presentes.

Plant e sua banda foram ovacionados por longos minutos. Sim, muitos dizem que a voz não é a mesma, que a idade chegou e outros clichês, maaassss...Esses pormenores não importam quando se trata de um artista que há muito já entrou para a história do Rock.

É um daqueles shows que provavelmente contaremos aos nossos filhos que fomos.
____________________________________________________________
Robert Plant - Brasília - Setlist:

1- Tin Pan Valley
2- Another Tribe
3- Friends
4- Spoonful
5- Somebody Knocking
6- Black Dog
7- Song to the Siren
8- Bron-Y-Aur Stomp
9- Enchanter
10- Four Sticks
11- Ramble On
12- Fixing to Die
13- Whole Lotta Love
Bis
14- Going to California
15- Rock And Roll


Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!