Eu também vou reclamar – Sou fã, mas sou inocente!

9:31 AM

Por: Fernanda Cristina (@femalerocksquad)

Eu tenho que fazer uma confissão. É muito difícil eu ter que abrir o jogo e me expor desta maneira, mas por respeito aos nossos 38 leitores é necessário que eu o faça.

Antes de falar a verdade nua, crua e sangrando, quero que saibam que eu nunca quis ofendê-los. Se vocês quiserem apertar o X no canto superior de suas telas e nunca mais voltarem, eu vou entender... Com lágrimas em meus olhos, mas vou entender. Mas é mais forte do que eu. Sinto muito.

Enfim, lá vai **respirando fundo**: Gente........................Eu sou fã de Rock e curto muito um monte de bandas! PRONTOFALEI!  






Agora esse é o momento em que vocês fazem cara de “OMG, onde eu errei?” e “Não pode ser! Diga que não é verdade!!!”, enquanto eu vou ali no cantinho chorar convulsivamente até meu rosto derreter.

**Pausa de meia hora para ambos os lados se recuperarem desta revelação chocante**

Voltando, como diz aquela música do Metallica (outra banda que eu também admiro..Eita, já estou falando demais!): Sad, but true. 

Infelizmente nem todos aceitam esse fato muito bem. Já fomos criticadas e crucificadas por modéstia a parte, sermos gente de (muito) bom gosto musical e boa índole. Mas vocês devem saber que às vezes tem pessoas que se incomodam com algumas virtudes alheias, certamente porque elas não têm e nunca terão certas qualidades.

Um dia desses aí, não faz muito tempo, durante mais um passeiozinho na ‘fogueira-da-inquisição-bloguística’ (sei nem se esse termo existe. Aliás, existe porque eu acabei de criar.), a seguinte acusação que ouvimos para nos jogarem lá era que nós éramos ‘fãs’ e isso, segundo os “fodões que acham que entendem do assunto” é um pecado muito feio. Digno de açoites, tortura e humilhação pública.

Resumindo: Nós, as ‘rebeldes-du-mal’, violamos as regras de ‘como-postar-em-um-blog-de-música’. Segundo esses mesmos “fodões”, nós não sabemos “nada de música” e somos “incompetentes, burras, feias , chatas, bobocas e cabeça de melão”. Trágico. 

Antes que os “donos da verdade absoluta” venham encher o saco, deixem-me causar mais uma ‘polêmica’ aqui: Eu NÃO sou jornalista e NÃO tenho diploma em jornalismo, comunicação ou whatever (Ninguém aqui tem! Pode ficar chocado com essa!). Sou apenas uma universitária pobre (redundância?) que curte um som e economiza a grana do estágio pra ir aos shows que lhe convém. Just this.

Podem até dizer que eu “não entendo de música” e todo esse ‘mimimi’ que eu já cansei de ouvir.  Ou melhor, talvez eu entenda! Tenho dois ouvidos que me possibilitam ouvir o que eu quiser, logo EU sei o que é bom para MIM. Sorte a minha é que ainda tem outras pessoas que também gostam do que eu ouço, então não sou tão ‘ignorante’ quanto eu achava que eu era. 

Quando me chamaram para fazer parte deste blog, eu fiquei com um pé atrás. Minto. Fiquei com os dois. A verdade é que eu nunca tive muita paciência com certas parafernálias da internet, já que o Orkut, o Facebook e o MSN sempre me serviram/me servem muito bem. Mas como o esquema era entre amigos e o mesmo funcionaria de forma despretensiosa e APENAS por mera diversão, acabei aceitando. O que eu teria a perder? Qualquer um hoje pode ter seu próprio cantinho na net pra escrever o que quiser, por que não podemos fazer o mesmo? “Estamos em um país livre”, como já disseram em muitos filmes/seriados por aí.

Mas há algo que me deixa chocada, preocupada e morta de V.A (a famosa “Vergonha Alheia”): Fico pasma em ver como ainda existem criaturas que levam esse negócio de “blog” tão a sério que chegam a se tornar insuportavelmente CHATAS! É isso mesmo! CHATAS! É de uma alienação tão exacerbada que eu não sei nem o que dizer.

E são esses mesmos CHATOS que estragam boa parte da diversão. De acordo com os mandamentos desses “entendidos do assunto”, é proibido você curtir um show, pular em um show, gritar em um show, se divertir em um show, cantar junto em um show e no fim das contas ainda ter o disparate de dizer que o show foi bom. 

E para complementar, por mais que VOCÊ de acordo com a SUA OPINIÃO tenha achado que o show foi ótimo é um crime federal você escrever uma resenha confirmando o fato, porque senão você passa a imagem de que é ‘fã deslumbrado’... É isso mesmo que eu ouvi, produção??? Que a nossa “reputação” (nem sabia que tinha uma, mas enfim) está em jogo simplesmente porque pensamos de uma maneira diferente e que não agrada um grupinho de ‘fulanos’???  Realmente, o cérebro dessas criaturas deve ter involuído enquanto eu tirava um cochilo!

Desculpem aí se eu vou fazer chorar os “jornalistas-musicais-metidinhos-a-imparciais” de plantão, mas a verdade é que esses pseudo “formadores de opinião” me dão tédio. Acho um saco as matérias que alguns deles escrevem.

Longe de mim ofender a classe dos trabalhadores desta área. Mas no ramo musical é notória a ‘frieza’ e a falta de, digamos, hummm...’sentimento’ de certos jornalistas na hora de redigir um texto. Uns não se expressam, outros não dão a cara pra bater, elogiam de forma contida e criticam da mesma maneira (Se bem que tem uns que SÓ sabem descer o cacete, mas esses aí são pé no saco mesmo. Não contam) e ainda pensam que estão acima do bem e do mal. Vivem de repetições e só escrevem seguindo as regrinhas do “pode e não pode”. Tudo em nome desse tal “olhar isento e imparcial” que eles tanto pregam.

(Aliás, “jornalismo isento-e-imparcial” uma ova! Ainda querem vir com essa conversinha pra cima de mim??? E depois? Vão contar qual historinha??? A do papai Noel, coelhinho da páscoa ou da fada do dente??? Santa ingenuidade, Batman!)

Na boa...Em uma resenha de show, quem é que quer saber se banda “X” mistura “elementos da música cigana com o punk e ritmos africanos, criando um pós-pré-neo-electro-alguma coisa”??? Quem se importa se aquela música lá é uma “balada hard na fusão com ska”???? Será que é pedir muito que eles escrevam algo que realmente preste??? Será que é pedir muito que coloquem pessoas realmente capacitadas no lugar dessa gente terrivelmente medíocre??? 

Não sei vocês, mas eu quero ler que a minha banda favorita (ou não) fez uma  “apresentação histórica”! Que eles levaram multidões á loucura, que fizeram a platéia acender os isqueiros e os celulares no momento em que tocaram “aquela” música, quero ler que os integrantes quebraram tudo em cima do palco, que talvez aquele cara perdido no meio da galera realizou o sonho da vida dele por estar ali, que podem se passar 2,3,4,5, 10 anos desde a ultima passagem dos caras por aqui, mas ainda sim eles são capazes de arrastar milhares de pessoas para um estádio, arena, fundo de quintal ou o que for. Quero ler uma resenha que me provoque, que me faça relembrar como aquele dia foi ÉPICO ou que simplesmente me faça pensar “Merda...porque eu não fui???????????”

Os chatos com “diploma” que me perdoem, mas se ainda acham que um texto escrito com vontade e com paixão daquele que o fez é coisa de “fã deslumbrado”, então SIM, EU QUERO CONTINUAR ESCREVENDO E LENDO TEXTOS DE MUITOS ‘FÃS DESLUMBRADOS’ POR AÍ! 

Não tenho poder para começar uma ‘revolução na imprensa musical’. Sou apenas mais uma na imensidão da internet que usa um blog para expressar seu ponto de vista.

E para os que ainda não entenderam seja porque mataram aula de interpretação de texto na escola (coisa feia!) ou porque tem alguma anomalia no cérebro, este blog é um blog de OPINIÃO. Você não é obrigado a concordar com tudo o que dizemos aqui. Se não gosta da maneira como postamos, então sinta-se a vontade para fechar essa página e não voltar. Muito simples, não?

Não tenho pretensão de ser a “melhor-jornalista-musical-do-Brasil” ou a “nova-promessa-do-jornalismo-musical” ou o que seja. Primeiro, porque como eu já disse anteriormente, não trabalho com isso. Segundo, porque tem gente mais desesperada do que eu para fazê-lo, e como eu tenho bom coração, dou minha vaga aos necessitados. Terceiro, porque eu escrevo o que me dá na telha, ou melhor, gosto de escrever apenas por diversão. Não ganho uma “coxinha-e-refresco” para estar aqui. Não fico disputando com A, B ou C pra saber “quem é o The Best” na redação.

Não tenho “invejaaahhh” de quem, supostamente, escreve melhor que eu. Tem gente que deveria ter vergonha de usar um “””“argumento”””””” tão primário e pueril como esse. Eu aceito isso de fãzoca dos Restart’s e Bieber’s da vida, não de pessoas que se dizem ‘maduras’, ‘vividas’ e o escambau. Vão ter que fazer MUITO melhor do que isso. 

É com alguma satisfação que eu digo que, embora seja apenas um ‘bebêzinho’ de 1 ano e alguns meses, o “Female Rock Squad” tem aos poucos conseguido seu lugarzinho ao sol. Tudo o que fizemos/conseguimos até hoje foi resultado de muito esforço e trabalho duro, mas honesto. Ou seja, nós NUNCA precisamos passar por cima de ninguém ou entrar em disputinhas mega imbecis pra ver “Quem nos acessa mais”, “Quem nos lê mais” e “Quem digita mais os nossos nomes no Google”. Aliás, que coisinha mais inútil e estúpida que é essa picuinha de “meu brógui tem mais acessos que o seu”...Dai-me paciência!

Parece até aquelas criancinhas da pré-escola que ,pra encher o saco dos coleguinhas, ficam repetindo feito vitrola quebrada “Meu brinquedo é melhor que o seeuuuu...”. Esse tipo de comportamento me faz rir, sinceramente. Gente que, pra sentir que é alguém, precisa se afirmar para cima dos outros a cada 5 minutos que são “isso ou aquilo” é porque tem sérios problemas de insegurança, mas isso é só um palpite. Não posso julgar o que não conheço totalmente.

Lamento pela vida tão miserável, vazia e sem profundidade que essas pessoas levam. Claro, porque para ainda se darem ao trabalho de virem aqui observar cada letra, cada vírgula, cada coisinha que nós postamos aqui, para, em seguida, colocarem nos ‘bróguis’ e ‘tuíters’ da vida acompanhados de críticas sem fundamento e comentários hostis, venhamos e convenhamos que só quem não tem um propósito na vida, ainda se presta a papéis deploráveis feito esse. 

Seus “bróguis” tem mais acessos que o nosso? Who cares???? Cresçam, apareçam e se preocupem com coisas realmente relevantes, crianças! 

Enfim, a gente é mesmo, fala mesmo e posta mesmo. Sorry!

Beijinhos pros amargurados que nos odeiam! Continuem fazendo publicidade pra gente ‘de gratis’! Assim não precisamos jogar nossos links em sites agregadores de conteúdo, Valeu mesmo pelo favor! 

E fim de papo!

Posts Que Talvez Você Goste

5 comments

  1. HAHAHA MUITISSIMO COMOVIDA!!! -claps-
    Adorei! Mesmo nunca tendo lido resenha de nenhum Jornalista musical tenho que concordar que pra sentir um show nada melhor que estar lá, ou então ouvir/ler de alguém que esteve e com muito sentimento!

    E pior ainda, é o maior desperdício você ir numa apresentação tão bacana e nem consegui passar o mesmo sentimento pra outras pessoas! É como um livro ruim...
    Alias não exitem vezes em que você faz a cobertura de um show e nem é fã da banda e ainda sim acaba gostando do show? Então, o que a gente faz com o argumento da pessoa falando sobre 'Fãs Deslumbrados'???

    ReplyDelete
  2. Nanda voce está de parabéns! Expressou o que voce sente e acha, e pode ter certeza que seu texto transcreve o sentimento de muitos aqui. Temos pouco mais de 30 leitores de fé que procuram nosso blog único e exclusivamente para ler textos sobre rock, apenas textos bem elaborados e sem palavras de baixo nível, críticas ofensivas e fotos inadequadas para o contexto do blog. É isso que queremos: qualidade e não quantidade!
    Parabéns!

    ReplyDelete
  3. Nanda, como sempre está perfeito!!! Adoro tudo q vc escreve!!! E realmente é o q nós sentimos! Eu fico muito feliz de ter vcs aqui como companheiras de blog e poder me divertir conversando sobre nosso futuro ou quando uma de nós divide tudo q aconteceu nos shows antes de postar! Bem, qualquer uma das nossas conversas, pq vcs são minhas amigas!!!
    Ser fã ñ desqualifica ninguém. Muito pelo contrário, mas quem ñ gosta desse tipo de abordagem pode ñ ler o q aqui postamos. Bem simples!

    ReplyDelete
  4. Curti o blog meninas!! E a nova integrante é bem parecida comigo xD... Agora podem dizer que têm 39 leitores hauhaha
    Beijinho e continuem assim, amei o jeito louco de escrever...

    =*

    ReplyDelete
  5. Parabéns pelo texto Nanda, foi incrível. Meninas do blog, nunca se importem com esses ditos "jornalistas" sem a menor ética, sem caráter, sem escrúpulos e sem nenhum profissionalismo, e ainda covardes. Pior ainda quem vai na onda deles acreditando mesmo que vai ser o "futuro do jornalismo musical" agindo igualmente dessa maneira ridícula. Quem sai fazendo difamações contra colegas pela internet (incluindo de blogs) usando "argumentos" fúteis, vazios, baixarias e até mesmo agressivos e violentos não tem futuro nenhum, vai se afundar e sumir o mais rápido do que imagina.

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!