Cover (parte 1)

1:23 PM

Por: Laura


Cover


Tem gente que só de ler/escutar essa palavra já pensa...É ruim...Bom, pode ser que sim, porque cada música carrega em si além de toda capacidade e talento musical dos que a criaram um sentimento único, que remete a um momento que não foi vivido por quem depois a regrava ou toca. E aqui estamos falando de músicas de verdade, não apenas essas feitas pra atender uma necessidade comercial. Somente essas canções marcaram época, somente elas são dignas de serem relembradas.


A partir do momento em que ela é sentimento, se torna arte e como um quadro renascentista ou uma escultura grega transcende o tempo.


Mas o músico que escolhe tocar uma canção de outra banda/músico não tem sentimentos? Algum provavelmente não. Vêem nisso apenas uma possibilidade de se associar a uma imagem de sucesso. Participar de um comercial ou conseguir mais 15 minutos de fama.


Outros vêem nessa escolha uma homenagem, participam de uma coletânea, tocam nos shows, e aqui novamente entram os oportunistas, porém haverá aquele que compreende a importância dessa música (desejamos profundamente isso) e que mesmo sem jamais poder compartilhar os mesmos sentimentos transformam essas canções em novamente destaques no cenário musical. Colocam suas perspectivas nela.


Péssimo ou excelente? Não vamos decidir agora! É louvável conhecer a versão original. Não apenas a título de comparação, porém para conhecer essas grandes músicas que transcendem o tempo.


Depois de todo esse texto nós do Female Rock Squad vamos apresentar algumas dessas músicas e seus covers. Não é possível achar tudo, porque pode apenas ter sido tocado num show e não termos nenhuma opção de qualidade, ou por serem aquelas versões que você sabe que existe só que não foram registradas (e você fã morre de vontade de ver). Vamos trazer aquelas que permaneceram no rotulo “rock”, a não ser que a exceção seja interessante.


Agora, se você acha uma porcaria ou qualquer outro sinônimo, favor não xingar as redatoras! Xinga a banda ou artista que fez a versão!!!


 


Pra começar escolhi a música I Love Rock'n Roll:


Original > The Arrows, de 1975.







Cover>


O mais conhecido: Joan Jett and the Blackhearts, de 1981 .







Outras versões>


L'Arc~en~ciel, de 2010: A banda foi escolhida pra fazer a propaganda da Pepsi Nex e foge do que eu disse no texto acima. Dentre três outros artistas japoneses escolhidos para fazer o comercial do produto a banda optou por essa música, a justificativa é que eles eram os únicos representantes do rock e escolheram uma música simples e marcante. Ficou muito bom! (A música é em inglês)







Um instrumental! Só no violino!! Melhor que as versões de muitas bandas e artistas por ai!!!






E então, o que acharam?

 

Posts Que Talvez Você Goste

3 comments

  1. Laura, apesar do The Arrows matar a pau, quase um Kiss, a Joan Jett botou pra foder com esse som. Nota 10! Sem contar que ela era extremamente pegável.

    Sabe, certa vez eu escrevi um post meio que nesse contexto. Te convido a dar uma lida, se não estiver sendo chato:

    http://www.ninhodamente.com.br/2010/03/top-6-cancoes-cover-melhores-que-as.html

    Um abraço e um beijo!

    ReplyDelete
  2. nanasparks24/9/10 17:25

    o The Arrows pode até ter feito a música, mas acho que Joan Jett deu "alma" a mesma...prefiro a cover! =PP

    "Agora, se você acha uma porcaria ou qualquer outro sinônimo, favor não xingar as redatoras! Xinga a banda ou artista que fez a versão!!!"

    e eu ri muito disso!

    ReplyDelete
  3. Valdemir Campinas Sp27/9/10 18:06

    Tenho 39 anos,ouço esse som da Joan desde 85.Não fazia
    idéia de que esta musica era da banda The Warrows,aliás,
    nunca tinha ouvido falar.Melhor versão;Joan,e o cara do
    violino mandou muito bem!

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!