Tom Morello apresenta para o mundo 'The Atlas Underground Fire', seu novo álbum

9:00 PM


 Novo registro de estúdio conta com participações de importantes nomes da história da música

e versões de aclamados hinos do rock'n'roll

O ícone do rock e duas vezes vencedor do Grammy Tom Morello lançou na última sexta-feira, dia 15, seu novo álbum, 'The Atlas Underground Fire'. O álbum é uma continuação de seu amplamente elogiado álbum de 2018, 'The Atlas Underground'. Apresentando um elenco de colaboradores de cair o queixo, incluindo Bruce Springsteen, Eddie Vedder, Chris Stapleton, Mike Posner, Damian Marley e mais, 'The Atlas Undergound Fire' coloca a guitarra de Morello em plena exibição, levando o instrumento ao futuro e forjando uma obra de rock/alternativo/EDM com lendas de todos os tempos.

A tracklist inclui o single mais recente de Morello, “The War Inside” com Chris Stapleton, que foi lançado ontem junto com um videoclipe animado por Tom Crew. Morello estreou a faixa em uma entrevista exclusiva no The Zane Lowe Show da Apple Music 1. Assista ao vídeo:


Morello – cofundador do Rage Against The Machine, Audioslave e Prophets of Rage – é amplamente conhecido como um guitarrista que quebra barreiras que continua a empurrar os limites e provar o poder transformador da música. Ao longo de sua carreira notável, Morello colaborou com todos, de Wu Tang Clan a Johnny Cash. Em 'The Atlas Underground Fire', como fez em 'The Atlas Underground', Morello trilhou um caminho para um novo território com a amplitude de colaboradores talentosos do projeto, transformando seu som. Com sua guitarra liderando o caminho, Morello continua a criar ligas poderosas de diferentes gêneros.

Sobre o álbum, Morello disse: “Fazer esse álbum foi um bote salva-vidas durante uma época conturbada. Criar uma conspiração global de amigos do rock’n’roll com talentos incríveis e diversos me manteve ativo e me ajudou como artista e guitarrista. Gravei todas as minhas partes de guitarra em isolamento e é ótimo agora liberar essas músicas no mundo e infligir o último capítulo da minha guitarra tocando a um público desavisado.”

O álbum, como testemunhado por Morello, é um subproduto de dias de pandemia, sombrios e desafiadores. Gravando guitarras em seu telefone, o álbum foi feito criativa e tecnicamente em seu estúdio em Los Angeles, enquanto compartilhava arquivos com colaboradores em todo o mundo. “Durante o lockdown, não tive acesso a um engenheiro de som, então tive que gravar todas as partes da guitarra no memo de voz do meu telefone”, disse Morello. “Parecia uma ideia ultrajante, mas me levou a uma liberdade de criatividade, já que eu não conseguia pensar demais em nenhuma das partes da guitarra e só precisava confiar em meus instintos”.

E embora Morello seja conhecido como um dos maiores defensores da justiça social do mundo, que escreveu músicas que rapidamente se tornaram manifestos, ele disse que a pandemia lhe deu liberdade neste álbum para seguir mais as emoções e ansiedade da época. Morello não terminou com manifestos de justiça social, e muitos desses tópicos podem ser encontrados neste álbum, mas tempos incomuns criaram um álbum totalmente único.

Ouça 'The Atlas Underground Fire' na íntegra: 

Posts Que Talvez Você Goste

0 comentários

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!