Massacration em Brasília: A noite em que Deus Metal abençoou a capital

3:15 PM



Texto: Fernanda Cristina (instagram: @femalerocksquad)

Já dizia a música “Metal Warriors” do Manowar: “Every one of us has heard the call...Brothers of true metal, proud and standing tall...We know the power within us, has brought us to this hall...There's magic in the metal, there's magic in us all...”. Se você é um headbanger tr00, forjado no calor das chamas do Heavy Metal, um guerreiro solitário em um mundo cada vez mais dominado por músicas de qualidade duvidosa, com certeza já deve ter tomado conhecimento do retorno da maior banda de todos os tempos das galáxias do universo: Massacration. 

Desde o ano passado, com a “Live Metal Espancation Tour”, o grupo vem fazendo uma série de shows levando a palavra do heavy metal por onde passam, e ontem os devotos brasilienses da música pesada ouviram o chamado do deus Metal e se dirigiram ao Toinha Brasil Show para uma noite recheada de clássicos e bate-cabeça. 

O show, previsto para começar às 23h00, teve um atraso de quase quarenta minutos. Após os gritos de “Massacration! Massacration! Massacration!” de um público ansioso, eis que as luzes se apagam e surge no palco uma figura conhecida de todos: o personagem Boça (interpretado por Felipe Torres). Boça disse que tinha uma boa e uma má notícia, a boa é que o show iria acontecer e a má é que demoraria mais umas quatro horas (e que ele nos entreteria até lá). Para homenagear o rock de Brasília, Boça começou a cantar sua própria versão de Faroeste Caboclo da Legião Urbana, mas a apresentação não durou muito, pois Joselito Sem-Noção invadiu o palco; puxou as calças do Boça; deu-lhe uma pancada (arrancando gargalhadas da plateia); assumiu o microfone e chamou o Massacration ao palco. 

Os caras começaram mandando “Metal is the law” para a plateia enlouquecida. Sim, o Metal é lei, Metal é religião, Metal é vida e todos os presentes captaram a mensagem contida na letra deste hino. Após este início matador, Detonator, também conhecido como o “filho do deus Metal”, cumprimentou a todos e perguntou se o público gostaria de aprender a falar inglês corretamente. Era a deixa para “Metal Milkshake” ser executada, com direito a uma participação especial do Michael Jackson (e o mundo achando que o rei do pop estava morto. Tsc tsc). 

Massacration no palco do Toinha Brasil Show (foto: Fernanda Cristina) 
“Cereal Metal”, “The Mummy”, “Metal Dental Destruction” foram tocadas na sequência e recebidas com a mesma empolgação pela galera. O momento “triste” da noite ficou com “The Bull”, uma música que fala da dor de ser traído e trocado pelo “Big Richard” (sim, meus caros. Os headbangers também amam e ficam com o coração partido) 

Antes de prosseguir, Detonator pergunta ao público quanto custa uma passagem de ônibus em Brasília. E ao saber que custa cinco reais (e ficar genuinamente espantado com isso) fala que conhece um lugar em que a passagem custa só um real, era o início de “Let´s Ride to Metal Land (The Passage Is R$ 1,00)”. Na metade da música, eis que surge o rei Roberto Carlos esbanjando simpatia, jogando maçãs para o público e fazendo um dueto com Detonator mostrando que até o rei quer ir pra terra do Metal. 

“Evil Papagali”, outro sucesso da banda, foi executada em seguida e com o refrão icônico “LOROOOOO... LORO QUER BISCOITOOOOOOO...” cantado pelos fãs. Em um momento de interação com o público, Detonator chama 5 garotas da plateia para subir ao palco e fazer coro de “Lindo Tesão Bonito e Gostosão” na música “Massacration”, sem dúvida um dos pontos altos do espetáculo. 

E para sacramentar essa noite em que a presença do deus Metal esteve mais forte do que nunca na capital federal, “Metal Massacre Attack”, um clássico indiscutível e primeiro single da banda, e “Metal Bucetation”, com direito ao público fazendo o gesto sugestivo que representa o nome da música, foram as escolhidas para encerrar o show da “banda da galera”. Após uma performance digna de fazer Judas Priest e Iron Maiden irem pro cantinho para repensarem suas próprias carreiras, “a maior e mais clássica banda de todos os tempos”, sob um coro fervoroso de “Massacration! Massacration! Massacration!”, agradece a presença de seus fãs. E antes de deixarem o palco,  convidam todos a tirarem aquela selfie marota para registrar o momento e para que o mundo seja testemunha de que Brasília também é a capital do Heavy Metal.

Os reis do Heavy Metal e seus súditos (foto: @toinhabrasilshow)
Massacration – Live Espancation Tour 2018 – Setlist:
Metal Is the Law
Metal Milkshake
Cereal Metal
The Mummy
Metal Dental Destruction
The Bull
Metal Glu-glu
Let´s Ride to Metal Land (The Passage Is R$ 1,00)
Evil Papagali
Massacration
Metal Milf
Metal Massacre Attack (Aruê Aruô)
Metal Bucetation

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!