Bula: 'bom saber que todo o nosso esforço tem valido a pena'

8:24 PM

Marcão:" temos uma sintonia forte e isso tem ajudado muito e gerou bastante entrosamento" - Foto: Marcela Sanches

Perseverar no amor de fazer música, esse é o ingrediente principal do trio santista 

Por: Ingrid Natalie (twitter: @ingridnatalie)


Os melhores resultados aparecem após adversidades. Esse é o principal simbolismo da banda Bula que conta com músicos remanescentes do Charlie Brown Jr e A Banca. O trio, nascido em Santos e com DNA 013 dos pés a cabeça, é formado por Marcão Britto (guitarra, voz e composição), Lena Papini (baixo) e  Pinguim (bateria). As atividades do grupo se iniciaram no segundo semestre de 2013 e em 2014 o Bula lançou "Não Estamos Sozinhos", disco de estreia, pela gravadora Deck. Muitos fãs já aguardavam esse registro e não por acaso foi considerado um dos grandes lançamentos do ano.

"Não Estamos Sozinhos" possui 13 músicas e mais 2 faixas bônus, todas de autoria de Marcão Britto. A gravação do álbum aconteceu no estúdio Electro Sound em Santos (SP) com a produção de André Feitas, que também foi responsável pela mixagem e masterização. Segundo o próprio guitarrista do Bula, o disco é descrito como introspectivo e autobiográfico. As letras carregam um desabafo, tratam de mudanças e assuntos mais densos, como a morte, a falsidade, situações cotidianas e o amor. Entretanto, levantados de forma leve e otimista, como num ‘jogo de luz e sombra’. Esses assuntos são embalados por um rock enérgico, com leves toques do estilo punk californiano e do grunge.

O sucesso do Bula só continua a subir. Em março o trio foi escalado como uma das atrações no Lollapalooza Brasil 2015 e fez um show elogiado por todo público presente. A divulgação de "Não Estamos Sozinhos" segue a todo vapor pelo país e a próxima parada importante será no Rock In Rio em setembro. Marcão Britto concedeu uma entrevista ao Female Rock Squad na qual ele detalha sobre o momento atual da banda e a preparação para o próximo grande festival. Confira:

FRS: A banda Bula é a continuação do sonho de se manter na estrada fazendo música. Como está o entrosamento da banda, apesar do pouco tempo de carreira?

Marcão: "Não Estamos Sozinhos", nosso primeiro disco,  foi lançado praticamente no início do ano, mas já vínhamos trabalhando bastante, temos uma sintonia forte e isso tem ajudado muito e gerou bastante entrosamento. É legal ver que a galera repara e comenta isso quando vai nos shows. É um trabalho árduo, mas muito bom de se fazer. Praticamente respiramos isso todos os dias.

FRS: Li em uma entrevista na qual Marcão diz que Chorão e Champignon foram grandes professores. Pode-se dizer que o nome do álbum "Não Estamos Sozinhos" é uma forma de fazer referência a influência deles?  

Marcão: Na verdade isso foi uma forma respeitosa de falar deles. Nós criamos um jeito de fazer música em que um completava o outro, somamos bem todas as nossas diferenças e isso acabou criando toda a diversidade sonora presente ali. O título "Não Estamos Sozinhos" tem um sentido espiritual, porque "na vida ou na morte não estamos sozinhos... "Foi o que quis dizer, que a vida continua, que todo fim é um recomeço, que a morte é um renascimento. Embora todos saibam que a galera tem apoiado e está com a gente e que de fato não estamos sozinhos, prefiro deixar o sentido das mensagens para cada um decifrar do seu jeito.

FRS: É praticamente impossível não se lembrar do Charlie Brown Jr e A Banca ao ver vocês. Mas, como que a banda sente que o público recebeu esse novo projeto?  

Marcão: Tenho muito orgulho de tudo o que foi feito ! É um bom pedaço da minha vida! Mas sempre me preocupei em mostrar algo novo, então apresentamos um disco autoral que carrega contribuições valiosas como uma das últimas letras que o Chorão  escreveu e dois baixos gravados pelo Champ. A galera se identificou muito. Eles sentem o DNA 013 presente no nosso som. Tem acompanhado todos os nossos passos, nos apoiado bastante.

FRS: Qual o diferencial do álbum "Não Estamos Sozinhos"?

Marcão: Eu assumi o vocal, e isso pode ser o principal diferencial. Temos o nosso próprio estilo , somos um trio, as músicas trazem muito assuntos pessoais e tudo com o tempero da praia, do nosso habitat, tem o DNA 013, mas ao mesmo tempo é diferente. Principalmente alguns timbres de guitarra que você só vai encontrar aqui no Bula. É baseado em verdade, isso é o que importa pra mim.

FRS: A banda se apresentou no Lollapalooza Brasil desse ano e agora se prepara para o Rock In Rio. Qual a reação de vocês de poder tocar nos dois maiores festivais do país?

Marcão: Está sendo surpreendente! Esse é o melhor começo que uma banda poderia ter! Na verdade estamos realizando um antigo sonho de tocar nesses grandes festivais. Será o meu terceiro Rock in Rio, mas o primeiro com a minha banda no Brasil. É muito bom saber que todo o nosso esforço tem valido a pena, sou um sobrevivente de uma geração e viver de música no Brasil não é fácil e viver de Rock é quase impossível , então me sinto um cara muito sortudo.

Marcão durante apresentação no Lollapalooza Brasil 2015 - foto: Mila Maluhy/divulgação Lollapalooza Brasil
FRS: O que vocês estão preparando para o Rock In Rio? 

Marcão: Vamos apresentar algumas músicas novas que estamos compondo e algumas surpresas relacionadas  a um antigo sonho que não pode ser realizado no passado. E hoje temos essa missão, então no dia 25 de setembro haverá uma conexão muito forte e a música vai ecoar pelo universo para mostrar que não estamos sozinhos.

FRS: Para concluir, quais os planos futuros do Bula?

Marcão: Estamos preparando material novo, mas por enquanto seguimos na nossa tour 2015 passando pelas principais cidades e capitais, temos planos para a gravação de um DVD no futuro e continuar expandindo nossa música pelo mundo.

Recentemente, Bula lançou o vídeo-clipe da música“O Sol Dela Brilhou”. A gravação do clipe aconteceu em Santos (SP) com a direção de Rodrigo Rey, da Red Filmes, e finalizado por Artur Cachuf e Aline Estravini, da Kuba Filmes. Nele, o trio apresenta-se tocando, enquanto as atrizes Maria Eugênia Soares, Lili Gonçalves, Eli Santos e Carla Morone, dançarina do programa Caldeirão do Huck (TV Globo), interpretam a musa da canção.

Confira o resultado:



Site Oficial: http://www.bularock.com.br

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!