Jeff Dye: 'A vida é mais divertida quando você não precisa levar nada a sério'

4:48 PM


Jeff, "eu era o palhaço da turma no primeiro colegial"
Por: Ingrid Natalie (@ingridnatalie)

Música e comédia sempre caminham juntas e para descobrir mais porque essa combinação é tão eficiente conversamos com o comediante Jeff Dye. 

Jeff é uma das revelações da comédia stand-up. Nascido na cidade de Seatle, ele ganhou notoriedade quando venceu a final da competição 'Last Comic Standing' do canal NBC. Desde então ele obteve várias conquistas em seu currículo, ganhou um especial de 30 minutos no Comedy Central e em 2012 se tornou apresentador da MTV americana. 

Atualmente Jeff está se preparando para lançar o seu novo programada intitulado "Girl Code" e segue fazendo shows na terra do tio Sam. Ele  nos contou sobre seu novo projeto e porque o rock'n'roll tem um GRANDE papel na sua vida. 


FRS: Muitos comediantes stand-up usam instrumentos musicais em suas apresentações. Na sua opinião, qual é a importância de combinar música e comédia?

JD: Eu realmente não uso qualquer música no meu show. O público deve ser muito grato que eu não faço. Eu sou surdo para notas e não posso tocar nenhum instrumento. Mas eu gosto comediantes musicais como Flight of the Concords, Thune Nick e John Tesh.

FRS: Sabemos que você vem de Seatle, a casa de algumas bandas incríveis como Nirvana, Pearl Jam e do lendário Jimi Hendrix. Você têm eles como influências artísticas também?

JD: Pearl Jam e Nirvana tiveram uma GRANDE influência para mim como artista e como um alcoólatra.

FRS: Quais são as suas bandas e cantores favoritos? 

JD: Minhas bandas favoritas são Nirvana, Weezer, Sam Cooke, Zach Brown Band, e Joshua Radin.

FRS: Quando você percebeu que você tinha de se tornar um comediante?

JD: Quando eu era mais jovem, eu não era nenhum um pouco atraente, idiota e não-atlético, por isso a minha maneira de fazer amigos era ser engraçado, então eu era o palhaço da turma no primeiro colegial. A vida é mais divertida quando você não precisa levar nada a sério.

FRS: Qual comediantes influenciaram você?

JD: Caco Apio, Goad Duane, Harold Gomez, Brian Regan, e Harland Williams.

FRS: Qual foi o momento mais marcante em sua carreira como comediante?

JD: Eu acho que quando me apresentei no palco do 'Last Comic Standing'  e logo depois que eu avancei para o top 10. Eu  saí do palco e só chorei pensando "está acontecendo"

FRS: Você também tem uma série na MTV. Você pode nos dar algumas informações sobre o seu novo "Código Girl" show?

JD: Eu tenho o meu próprio programa chamado 'Money From Strangers' onde tenho pessoas desconhecidas pregando peças em outras pessoas e eu digo a eles o que dizer e fazer, mas o meu mais novo projeto é chamado 'Girl Code', onde eu e um grande elenco de mulheres talentosas e engraçadas dão conselhos a meninas. 

FRS: Agora Comedy Central chegou ao Brasil. Como se sente ao saber que seu show está sendo observado no exterior?

JD: Eu amo isso porque há um monte de mulheres lindas no exterior e eu amo mulheres lindas.


________________________________________________________________________________

English Version

FRS: A lot of stand-up comedians use musical instruments in their performances. In your opinion, what's the importance of matching music and comedy?

JD: I don't really use any music in my act. Audiences should be very great full that I don't. I'm tone deaf and can't play any instruments. But I do enjoy musical comedians like Flight of the Concords, Nick Thune, and John Tesh. 

FRS: We know that you come from Seatle, the home of some incredible bands like Nirvana, Pearl Jam and the legendary Jimi Hendrix. Do you have them as artistic influences as well?

JD: Pearl Jam and Nirvana have had a HUGE influence on me as an artist and as an alcoholic. 

FRS: Which are your favourite bands and singers?

JD: My favorite bands are Weezer, Nirvana, Sam Cooke, Zach Brown Band, and Joshua Radin.

FRS: When did you realize that you had to become a comedian?

JD: When I was younger I was very unattractive, dumb & un-athletic, so my way of making friends was to be funny, so I was the class clown at grade 1. Life is more fun when you don't ever take anything serious.

FRS: Which comedians have influenced you?

JD: Kermit Apio, Duane Goad, Harold Gomez, Brian Regan, and Harland Williams.

FRS: Which was the most remarkable moment in your career as a comedian?

JD: I think when I got off stage on Last Comic Standing right after I advanced to the top 10. I walked off stage and just teared thinking "it's happening"

FRS: You are also a host at MTV. Can you give us some information on your new show "Girl Code"?

JD: I have my own show called 'Money from Strangers' where I have strangers prank strangers and I tell them what to say and do, but my newest project is called 'Girl Code' where me and a great cast of talented and funny women give girls advice and input 

FRS: Now Comedy Central has reached Brazil. How does it feel to know that your show is being watched overseas?

JD: I love that because there are a lot of gorgeous women overseas and I love gorgeous women. 


Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!