04/02/2012 – O dia em que o Rock “renasceu” na capital!

3:29 PM



Para todos aqueles que curtem um bom Rock e que moram em Brasília e no entorno, ontem foi um dia histórico – O início de um movimento que promete fazer revolução na cena cultural do DF. “Brasília – Capital do Rock” é um movimento ainda recente, mas com um objetivo nobre: “O movimento é para organizar a cena de rock do DF, juntar todo mundo para poder ter algum tipo de diálogo com poder público e melhorar para voltar a ser a capital do rock como foi nos anos 80” – diz Fernando Jatobá, guitarrista e organizador do evento. O ato de lançamento aconteceu ontem ás 14h00 no Museu da Republica e contou com cerca de mil participantes, entre eles músicos, jornalistas, simpatizantes e fãs de Rock em geral.


Galera marcando presença no auditório do Museu da Republica


Após a exibição do documentário “Era de Ouro – Rock de Brasilia” (feito pelo cineasta Vladimir Carvalho, que também estava presente), houve a apresentação das Frentes de Trabalho do movimento em que diretrizes do mesmo foram lançadas e discutidas.

Entre as principais metas, estão: Investimento de meios para a divulgação de artistas, incentivo aos novos talentos, programas de capacitação para toda cadeia produtiva do Rock (para jovens que pretendem atuar no Rock e música em geral), fomento ao turismo musical voltado para eventos e festivais, exportação dos produtos culturais para o consumo em todo território nacional, preservação da história do gênero, criação do ‘Mês do Rock’ e etc.

Frente de Trabalho do Movimento

Philippe Seabra, da ‘Plebe Rude’ estava presente no museu e também demonstrou total apoio á causa. Deputados e até mesmo o governador Agnelo Queiroz se comprometeram com os jovens e profissionais da cena local para tentar reverter a situação atual do Rock e da falta de apoio aos artistas da região! 

O governador Agnelo Queiroz também esteve presente no lançamento

Após ao ato oficial de lançamento, uma grande passeata foi realizada com roqueiros e roqueiras ocupando uma parte do Eixo Monumental e que terminou com uma grande Jam com os artistas locais no restaurante “La Ursa”, no Setor Bancário Norte.  

 Cartazes e Faixas de apoio ao movimento foram erguidas no centro de Brasilia durante a passeata

E eu, como legitima brasiliense e fã de Rock que sou, não poderia estar mais contente com essa iniciativa. Infelizmente, nos últimos tempos, fui testemunha da marginalização de um gênero que, ironicamente falando, fez parte de um capítulo importantíssimo na história da capital. Portanto digo que é um movimento que merece toda a notoriedade que puder e que todos possam se unir em prol da valorização, não só do Rock, mas da cultura e da (boa) música em geral. Chegou a hora de mostrar para o Brasil e, quiçá, para o mundo que Brasília não é simplesmente uma meia dúzia de monumentos, concreto e vias largas! Nós também temos Rock’n’Roll no nosso DNA! #BSBCapitaldoRock - Eu apoio!

Posts Que Talvez Você Goste

0 comments

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!