2 noites para os fãs guardarem na memória e no coração...

7:44 PM


Pearl Jam no Morumbi - 03/11/11 - Créditos: Site Vírgula 

Por: Ingrid Natalie (@ingridnatalie)

9 álbuns de estúdio, 28 singles, 2 compilações, 7 discos ao vivo e vários bootlegs, isso são 20 anos de uma linda história, isso é Pearl Jam. Ser imparcial é uma tarefa impossível diante dos fatos e tenho certeza que não conseguirei por admirar esta banda desde a adolescência.

O Pearl Jam voltou a São Paulo para 2 shows no estádio do Morumbi nos dias 03 e 04/11. Eu estive nas 2 apresentações e posso dizer com clareza que foram 2 apresentações diferentes porém igualmente memoráveis.

O primeiro dia ainda podia se ver cadeiras vazias nas arquibancadas, mas a pista estava abarrotada de fãs. O show estava previsto para começar as 20: 45, mas teve um atrasado de aproximadamente 25 minutos. Quando, as 21: 15, as luzes se apagaram e um solo de piano indicava o início do show dava pra sentir a ansiedade no ar. Então Eddie e sua trupe entraram no palco com "Release" da obra-prima Ten. O setlist seguiu com clássicos como "Animal", "Why go", "Daughter", "Do The Evolution" e "Porch", e foi uma ótima mistura com os hits mais recentes como "World Wide Suicide", "The Fixer", "Just Breathe" e uma linda homenagem a Johnny Ramone com "Come Back" e "I believe in miracles" e o final foi épico com "Keep on rockin' in the free world" de Neil Young.



Eddie foi muito carismático com público, perguntando se todos estavam bem e arriscou por algumas vezes o portugues dizendo, “Estamos felizes por estar em São Paulo. Obrigado por nos chamar de volta”. No total foram 26 músicas e 2 horas de um show lindo e os fãs saíram satisfeitos, mas sentiram falta de um clássico mais especificamente "Jeremy". Eu não tinha dúvidas de que esta música não faltaria na segunda apresentação com o Morumbi lotado, como já se era esperado.


Assim como no dia anterior o show teve atraso, começando as 21:17. A música de abertura foi a pesada "Go" indicando que seria uma apresentação totalmente diferente da noite anterior e foi seguido por outra paulera "Do The Evolution". Claro que tiveram algumas músicas que também estiveram presentes,  "Black", "Alive", "Betterman", "Even Flow", "The Fixer", "Just Breathe" e "Elderly woman behind a counter in a small town", as novidades ficaram por "Given to fly", "Last Kiss"  e o clamor dos fãs "Jeremy". Também teve o momento cover com "Baba O' Rilley" do The Who e fechando com a extraordinária "Yellow Ledbetter".

Destaque que não poderia deixar de citar novamente foi a intimidade que Eddie Vedder mostrou com o público paulista. Ele pediu desculpas pela banda ter demorado 6 anos para retornar: “Eu não sei em que porra estávamos pensando" mostrando muita atenção tentando se expressar em um português, ele também teve um explicação sobre a cola que ele usou para conversar com os fãs  "Com todo o respeito, eu falar em  inglês, porque meu português é uma merda. Obrigado", disse.

Eddie confessou que na adolescência ele fez um RG falso para poder ir a casas de shows. Ele especificamente contou de uma vez que  ele assistiu The X-Band (banda que abriu os 2 shows em SP) e neste show ele ficou na grade, e a vocalista Exene Cervenka entregou a ele uma garrafa de cerveja. O final da história: ele não bebeu a cerveja por na época ele era menor de idade e acabou segurando a garrafa o show inteiro.

Para finalizar, eu ainda sou um pouco leiga em relação a teoria musical, mas essa é uma opinião de quem aprecia música. A banda toda era sorrisos, os solos de Mike McCreaddy foram lindos e com feeling. A voz do Eddie estava perfeita. Stone, Matt e Jeff simplesmente impecáveis.  Quem é apaixonado(a) pelo som a banda curtiu e muito! Nada mais a dizer.

Confira o setlist dos 2 shows:

Dia 03/11 - 

Release, Corduroy, Why Go, Animal, World Wide Suicide, Got Some, Even Flow, Unthought Known, Whipping, Daughter, Olé, Down, Save You, The Fixer, Do The Evolution, Porch.

Encore 1: Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town, Just Breathe, Come Back, I Believe In Miracles (cover do Ramones) e Alive.

Encore 2: Comatose, Black, Better Man, Rearviewmirror e Rockin' in the Free World.

Dia 04/11 -

Go, Do The Evolution, Severed Hand,Hail Hail, Got Some, Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town, Given To Fly, Gonna See My Friend, Wishlist, Amongst The Waves, Setting Forth (Eddie Vedder), Not For You, Modern Girl (cover do Sleater-Kinney), Even Flow, Unthought Known, The Fixer, Once, Black

Encore 1: Just Breathe, Inside Job, State Of Love And Trust, Olé, Why Go e Jeremy

Encore 2: Last Kiss (cover de Wayne Cochran), Better Man, Spin The Black Circle, Alive, Baba O'Riley (cover do The Who) e Yellow Ledbetter.

Posts Que Talvez Você Goste

4 comments

  1. Eu queria ter ido nesses shows perfeitos!! Amei o texto Ing!! PJ é maravilhoso e passei a gostar mais por sua culpa!! OBRIGADA!!!!!!

    ReplyDelete
  2. Sempre devemos compartilhar o que é maravilhoso!!! PJ é uma banda maravilhosa por isso não fiz mais do que a minha obrigação =). Obrigada Yokota!!!!

    ReplyDelete
  3. nanasparks6/11/11 18:01

    Carai mano....INVEJA ARCO-IRIS!!!! QUERIA TER IDO!!!!

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!