Rock Ladies – Mulheres que agitaram a música (Parte I)

7:21 PM

Por: Fernanda Cristina


E dando continuidade ao nosso “Mês Internacional da Mulher Rock’n’Roll”, não poderíamos deixar de lembrar-nos delas, as mulheres que tornaram tudo isso possível! Garotas de personalidade, atitude, com uma guitarra (ou baixo, ou microfone, ou bateria) na mão e com um objetivo claro em suas mentes: Mostrar ao mundo que o Rock não é um estilo musical predominantemente masculino e que mulher, sim, também pode e sabe fazer uma música bem feita! Garotas que não se conformaram em ser apenas “A-gatinha-do-videoclipe-que-dá-uns-pegas-no-vocalista”, ou groupies ou whatever!


AVISO 1: Uma coisa que se aprende nesses anos de internet lendo um bando de lista tosca de “10 mais”, “100 mais”, “890570398470286 mais” é que elas NUNCA estarão de acordo com o gosto de todos! Sempre vai ter um chorando pelo “fulano que ficou na frente do sicrano injustamente” ou o “beltrano que não merecia estar em tal lugar”, então saibam desde já que isto NÃO é um “Countdown” ou uma Listinha pra saber “quem é a melhor”! NÃO tem ordem especifica (só se for a ordem alfabética) e NEM posição! Se as musicistas aparecem no nosso “apanhado” geral é pq alguma coisa significativa/inovadora elas fizeram! FIM!


AVISO 2: “Mas o queeeeeee??? Como assim ela tá na lista???? O que essa aí fez???? Vcs não sabem nada de Rock e bla bla bla...”, bom, se vc não for com a cara de uma das citadas, não xinguem as autoras, xinguem os fãs, ou melhor não xinguem ninguém! Respeito e Educação são coisas que vem do berço!


AVISO 3: “Mas a fulana ficou de fora...” – Sim, claro que muitas vão ficar de fora! Infelizmente a vida é assim, não dá para juntar TODAS as Rockers do passado/presente/futuro numa lista só! As que aparecem são as que mais se destacaram, creio eu! (Ou eu ficaria o resto da vida catalogando nomes e mais nomes, masss...Minha preguiça e minha tendinite não deixam!)


Depois dos recadinhos dados, declaramos que a partir de agora está aberta a série “Rock Ladies – Mulheres que agitaram a música!"


............................................................................................



Alanis Morissette


Alanis lançou sua primeira música com 13 anos ("Fate Stay With Me" – pertencia a um vinil com duas músicas: esta e "Find The Right Man"), lançou seu segundo álbum em 1992, mas nem de longe atingiu sucesso comercial! Entretanto, a sorte parecia sorrir para esta jovem canadense, já que em meados de 1995 “Jagged Little Pill” (álbum com influencias mais voltadas para o Rock) foi lançado! Foi o primeiro álbum de Alanis a ser lançado internacionalmente, e logo de cara se tornou um sucesso!  Com músicas como “Ironic”, "You Oughta Know" , "You Learn", "Hand in My Pocket", não tinha como errar na formula! Até pq suas confissões e situações vividas estavam nelas!  Pode-se dizer que essas canções tornaram-se hinos para a mulherada que levou um baita pé na bunda e foram trocadas por outra!


Ouça: bom, vc pode ouvir as citadas se quiser! Só acrescentaria “Hands Clean” (pq a música é boa!)



Ann Wilson e Nancy Wilson


Essas duas irmãs e ícones do Hard Rock, formaram o Heart em 1974! Em 1975 gravaram o álbum de estréia, o “Dreamboat Annie”, que chamou a atenção da gravadora, Mushroom Records! No Canadá o álbum vendeu 30 mil copias nos primeiros meses e nos EUA, como foi lançado primeiro em Seatle, vendeu mais 25 mil copias! Com singles como “Magic Man” e “Crazy About you”, o Dreamboat Annie vendeu mais de 1 milhão de copias! O segundo álbum, “Little Queen”, também foi um sucesso, graças ao hit “Barracuda” (sim, aquela música que aparece no Guitar Hero 3)! Ao longo da década de 1980 a banda se manteve no topo, lançando um hit atrás de outro, como “What about Love”, “These Dreams”, “Alone”, “I Want you so Bad” e outras mais! Ano passado lançaram o álbum “Red Velvet Car”, que foi bem aceito pelo publico e no dia 14 de fevereiro deste ano foi lançado o DVD “A Night at Sky Church” , que mostra um show da banda em Seatle!


Ouça: Todas que foram citadas, apenas acrescento “If Looks could Kill” (pq essa música é do caralho!)



Anna Tsuchiya


A modelo, atriz e cantora japonesa tem encantado o povo dos olhos puxados com sua simpatia! A sua carreira começa como modelo, sendo considerada muito carismática pelos jornalistas especializados, depois a moça invade o mundo da televisão sendo a garota propaganda de varias marcas... Mas ela queria rock! Se junta ao guitarrista K.A.Z e forma o Spin Aqua em 2002, o grupo não deu muito certo mas ela seguiu em frente e logo estava fazendo muito sucesso com as canções temas do anime NANA, ela é presença confirmada em grandes festivais japoneses e suas músicas são temas de várias campanhas publicitárias! A moça divide sem tempo atuando, sendo modelo, cantando e cuidando de seus dois lindos filhos!!


Ouça:” Rose”, “Kuroi Namida”, “Dance with me”, “Give me a kiss & kiss”, “Guilty”, “Brave” “Vibration”, “No Way”, “Addicted to you”, “Zero”



Avril Lavigne


Ok…tudo bem…olha, eu sei como algumas pessoas vão reagir! Eu sei que tem gente que vai odiar e vão pensar “o que ela ta fazendo na lista???”, também como sei que tem gente que vai querer ralar a minha cara num asfalto quente de meio-dia e ainda jogar acetona por cima só pelo fato de eu tê-la citado! Mas também há pessoas que vão gostar de vê-la por aqui (acho eu)! Enfim...Avril Lavigne, ou vc ama, ou vc odeia, ou vc não acha nada! Avril Ramona Lavigne, nasceu em Belleville, cidade pequena do Canadá! Poucos meses depois sua familia se mudou para Napanee, também no Canadá! Desde criancinha cantava musicas gospel e country e como uma boa menininha religiosa, também cantava em corais da igreja! Na adolescencia aprendeu a tocar guitarra sozinha, largou a escola com 15 anos e seus pais, ao invés de surtarem muito, a apoiaram e mandaram-na para NY para tentar a carreira de cantora! Somente em 2002, essa jovem de olhar enfezado, atraiu os holofotes quando lançou o album “Let Go”, com o single “Complicated” que estourou mundo afora! Apesar de hoje ela estar mais “pop” e alguns dizerem que ela “traiu o movimento, véio” ou até mesmo que não trouxe grande colaboração a música isso são os outros dizendo... vamos levar em consideração a época em que ela surgiu! Em um tempo que era povoado por “Britney’s” e outras “cantoras-pop-loirinhas-bonitinhas-e-comportadinhas-que-cantavam-musiquinhas-açucaradinhas-e-outros-inhas”, até que não foi de todo o mal uma Rocker adolescente de atitude mais “agressiva” ter surgido!



Ouça: “Naked”, “Complicated” Pra vc relembrar seus 12/13 anos, quando vivia com lápis de olho preto e posava de rebelde, “Nobody’s Home”, “Too Much to Ask”, “I’m With You” Relembrando os clássicos do Disk MTV



The Bangles


Tá certo que muita gente só conhece a banda por causa da balada oitentista mega açucarada “Eternal Flame” quem nunca ouviu a bendita naquele momento de fossa, reflexão, ou pq queria matar a saudade dos “crássicos”???, mas é fato que esse grupo, formado em 1981, tem músicas bem melhores! O primeiro álbum da banda, “All Over The Place”, teve uma canção escrita por Prince, que se chama “Manic Monday” e que se tornou um hit! O álbum seguinte, “Different Light”, foi melhor produzido que o anterior e com ajuda da música “Walk like a Egyptian” a banda tocou em grandes rádios e na MTV! Nesse meio tempo, houve intrigas na banda, já que a imprensa que gosta de fazer fofoca e semear a discórdia considerou Susanna Hoffs como a vocalista líder do grupo – Uma injustiça, de certa forma, já que todas as integrantes cantavam e escreviam as músicas juntas! Em 1988, devido aos conflitos internos, o grupo acabou e só se reuniu novamente em 2000 e segue em frente até hoje!


Ouça: “Going Down to Liverpool”, “Everything I Wanted”, “Hero Takes a Fall”, “Hazy Shade of Winter”, “Walking Down on your Street”



Beth Ditto


Acha que as roupas que ela usa são exageradas para seu manequim? Ela não liga! Acha que ela é uma desbocada que só quer causar polemica? Que se dane! sua opinião pra ela não vale nada! Acha que o mundo é só das pessoas magrinhas, bonitinhas e de sorriso perfeito? Foda-se! Quem disse que ela se importa??? Essa é Beth Ditto, vocalista da banda “The Gossip” e que realmente não está nem aí para as criticas e as regras que a mídia tenta impor diante da sociedade! Talvez seja por ter essa postura tão terrivelmente verdadeira que a revista britânica NME, em 2006, classificou-a como a pessoa mais fantástica do Rock! Em 2007 foi indicada á categoria de “Mulher mais sexy do ano” pela NME Awards E ela não tem nenhum corpinho de tópi-módeu! Autoconfiança é tudo nessa vida, girls! Defensora ferrenha dos direitos dos homossexuais (ela é lésbica) Beth até escreveu uma música ("Standing in the Way of Control") em resposta ao governo americano por negar o direito de casamento entre casais LGBT! Além de ter causado furor quando pousou nua para uma revista, Beth também já desenhou roupas para “Grandes garotas e Grandes garotos” (como ela diz)! Atualmente acaba de lançar um CD solo, o “Deconstruction”!


Ouça: “Standing in The Way of Control”, “Jason’s basement”, “Listen Up”, “Don't Make Waves”, “Coal to Diamonds”, “Keeping You Alive”



Bilinda Butcher e Debbie Googe


A vocalista/guitarrista e a baixista, respectivamente, do My Bloody Valentine entraram quase na mesma época e em um momento decisivo na carreira da banda! O potencial do novo som do “My Bloody Valentine” (já com as duas integrantes) foi mostrado no disco de 1988, “Isn’t Anything”, que foi um sucesso entre os críticos e conquistou muitos fãs para a banda! Em 1991, com o lançamento de “Loveless”, o mesmo se tornaria um clássico, sendo bem recebido nos EUA! Mas como tudo o que é bom dura pouco, a banda daria uma pausa em seguida e em 1995 Debbie sairia da banda, alegando que “não estava feliz há um bom tempo” e se tornaria taxista (?????) enquanto Bilinda continuou no grupo! Em 2009 Debbie se uniu á banda novamente para uma breve turnê de “reunião” (que ficou só nisso)!


Ouça: “Only Swallow”, “Slow”, “Soon”, “What you Want”, “When you Sleep”



Brody Dalle


Eis uma representante dygna do Punk! Alias, o Punk não estava presente somente na música de Bree Leslie Pucilowski, já que a sua vida foi tão conturbada e agressiva quanto uma de suas canções! Conhecida por sua voz rouca e letras tenebrosas, Brody passou por certos apertos como ter visto o pai ser expulso de casa por sua própria mãe! E não parou por ai, sua mãe casou-se logo depois teve um segundo filho. Brody passou a sentir-se deprimida e desajustada, e elegeu a rua como seu verdadeiro lar. Seu mau relacionamento com mãe levou-a a brigas homéricas no lar, incluindo agressões extremas como estrangulamento. Por volta dos treze anos, começou a usar drogas (chegou a experimentar heroína), e ser desaprovada na escola, culminando em sua expulsão de um colégio feminino católico dois anos depois. Nessa época, Brody foi apresentada ao punk rock através da banda Discharge, e ficou impressionada com o som e as letras raivosas do grupo a ponto de montar sua primeira banda! Bem, agora que a parte “novela mexicana punk” já foi, Brody fundou o “The Distillers” na California e em 2000 lançaram o 1 album, que foi bem recebido pelo publico (a não ser pelo fato de compararem Brody Dalle com Courtney Love e posteriormente com PJ Harvey)! A banda acabou em 2006 e Brody iniciou um novo projeto chamado “Spinerette”! Por agora, Brody deu um tempo no “Punk way of life” e espera seu segundo rebento, previsto para agosto deste ano!


Ouça: “Sing sing Death house”, “Young Girl”, “Sick of it all”, “Oh Serena”, “Oldscratch”



Chrissie Hynde


Chrissie começou como simples repórter de uma revista especializada em bandas de Rock Bom, sou blogueira...quem sabe o destino tb não me dá uma chance... Até formar o “The Pretenders” em 1978! Em 1979 a banda entrou para as paradas de sucesso com “Brass in Pocket”! Além de ter uma voz maravilhosa Desculpem-me, mas meu lado “tiete” se aflora neste momento: O que eu não daria para ter uma voz dessas???????????????, Chrissie se dedica a causas nobres, como o direito dos animais (sendo assim, vegetariana)! Para uma mulher líder de um grupo que surgiu nos primórdios do movimento punk e new wave e que ainda continua na ativa (mesmo depois de ter perdido alguns integrantes) Chrissie dispensa apresentações!


E para quem não sabe, por incrível que pareça, a própria Chrissie já chegou a morar aqui no Brasil um tempo atrás! Em 2004 alugou um apê em Sampa (Copan) e viveu lá por uns tempos, enquanto fazia turnê com Moreno Veloso! Sorte de quem a teve como vizinha...


Ouça: “Tattoed Love Boys”, “Precious”, “Talk of this town”, “Middle of the Road”, “Night in my veins”, “Back on the chain gang”



Courtney Love


Não poderíamos deixar de citá-la, a viúva mais louca do Rock, amada por uns, odiada por outros, Courtney Love! Provavelmente muitos a conhecem por que, é claro, ela é a “viuva-de-Kurt-Cobain-líder-supremo-do-Nirvana-mas-acho-que-ela-está-envolvida-na-morte-dele-e-eu-vou-morrer-achando-isso-VADIA-VADIA-VADIA” isso, segundo fãs do falecido Mas agora não é o momento de achar culpados! Courtney desde cedo se apaixonou pela música, mas é claro que a vida não foi nada fácil para ela! Depois de trabalhar como stripper e tirar a roupa em mais lugares do que vc possa imaginar, Courtney decidiu que queria montar uma banda e colocou anúncios em revistas de música para isso! E então nascia o “Hole”!


Ouça: “Violet”,“Dying”,“Celebrity Skin”,“Malibu”,“Pretty on Inside”,“Retard Girl”,“Mono” (esta última da carreira solo dela! Sugestão da autora)


E por hoje é só, meus caros 38 leitores esperamos que seja mais! Mas o mês está só começando! Não percam a segunda parte da nossa “Female Rock List” semana que vem, nessa mesma hora Bom, aí já não sei! Meu horário é mais inconstante do que eu mesma na TPM neste mesmo blog, nesse mesmo PC!


...............................................................................


Eis que o mestre dos magos Rock’n’Roll deixa a seguinte mensagem:


Comentem com sabedoria em vossas mentes e paz em vossos corações


Ou seja:


- Criticas CONSTRUTIVAS? Serão sempre bem vindas!


- Comentários mal educados/ofensivos serão DELETADOS! (Então, não queira perder seu tempo escrevendo alguma merda, pq será apagado!)


- Há uma diferença GIGANTESCA entre “Liberdade de Expressão” e “Falta de Educação”! Se vc não sabe qual é, então antes de escrever bobagem, vá pesquisar! Fikdik!

Posts Que Talvez Você Goste

13 comments

  1. Adorei a lista, e tenho sugestões para a segunda parte da matéria: The Runaways, Girlschool e Crucified Barbara. Joan Jett e Lita Ford são super dignas também!
    Viva a mulhé no rock!

    ReplyDelete
  2. Como assim vcs não incluiram Joan Jett e Janis Joplin...aff não entendem nada de mulheres q mudaram a essencia e consepção do rock em mtus parametros ,essas duas divas são tudo isso emais um pouco...pesquise antes de formularem esse mural...perguntem as pessoas, faça votações,sei la. eh so uma opnião. mais isso ai q ta escrito vai ser dificil de engoli.

    ReplyDelete
  3. nanasparks5/3/11 12:45

    Uma pergunta: vc chegou a LER a introdução da matéria???? Chegou a ler o TITULO???? Chegou a LER meus avisos????

    Pois é...caso não se lembre, isso é uma LISTA que será postadada SEMANALMENTE ou seja, assim como eu postei "Parte I" (repito, vc chegou a LER????) haverá "Parte II", "Parte III" e assim por diante! (então não queira dando uma de sabichão(a) sendo que tá mais na cara que vc não sabe o que tá falando!)

    Enfim, nem sei pq perdi meu tempo respondendo, mas saiba que ANTES de ler a matéria só por causa das "gravurinhas bonitinhas" faça o favor de LER a matéria por completo, antes de sair falando bobagem, ok????

    Tenha um bom dia e Obrigada por ler!

    ReplyDelete
  4. yokoleonhart5/3/11 13:06

    Da próxima vamos colocas os avisos em imagens! Aposto q vai funcionar!!!

    ReplyDelete
  5. Concordei com algumas xD BUUUT AVRIL? wtf o.O mas blz, respeito quem gosta x)

    ReplyDelete
  6. Ola Fernanda , que bom encontrar uma "rock ladie" ainda , num mundo onde as mulheres estão voltadas para outros estilos......estava eu atualizando minha videografia e discografia das mulheres roqueiras nestas minhas férias , quando deparei com seu blog ......e por isso a grata surpresa de ver como foi escrito e das mulheres citadas ( algumas já pertenciam a minha discografia ) e tb por poder conhecer outras......vou usar o quanto admirei o seu blog com um pensamento que carrego comigo todos os dias : "Maravilhas nunca faltaram ao mundo , o que sempre falta é a capacidade de senti-las e admirá-las"....saiba que tive capacidade e aqui estou te escrevendo....
    Vou aproveitar , se vc me permitir , em todas as partes até a oitava em complementar com algumas musicas não citadas de algumas cantoras ( não todas ) e que gosto e qdo chegar lá na oitava parte , vou citar mais algumas roqueiras para vc ( com certeza vc conhece e talvez não goste delas ) mas mesmo assim vou citá-las.
    PARABÉNS !
    Um grande beijo

    ReplyDelete
  7. nanasparks4/1/12 17:21

    Opa Renato, muito obrigada mesmo pelos elogios! Sinta-se a vontade para acrescentar mais músicas e mais 'Rock Ladies' por aqui! Boas músicas no repertório sempre serão bem vindas...^^

    ReplyDelete
  8. Ola Fernanda , estou eu aqui de novo para complementar um pouco a lista *rs* e esteja livre para fazer seus comentários tb !

    Alanis : incluo aqui duas covers - "Crazy" ( Seal ) e "King of Pain" ( The Police )

    Heart , Hole , The Pretenders , My Blood Valentine , The Bangles......OK !

    Sou das antigas..............peguei o rock do anos 70 e 80/90.......os atuais escuto mas analiso com mais cautela pois a musica hoje é mais comercial , portando das novas roqueiras , falo o seguinte :

    Avril Lavigne : incluiria "Smile"

    Anna e Brody vou conhecer mais....graças a seu blog............Beth Ditto , comecei a pouco tempo ver o trabalho dela.....

    Até a próxima parte......bye

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!