Spreading…metaaaaalllll

11:31 PM



Introdução: Fernanda Cristina

Entrevista: Laura

Pra vocês, headbangers fiéis de plantão, ou para quem quer escutar mais um trabalho de ótima qualidade, dê uma olhada na entrevista dessa banda que está na nossa lista de recomendações: Spreading Hate!!!


E se você ainda não leu a entrevista com o Eduardo Galdin sobre o Phoenix Live Project confira aqui.


FRS - Vocês começaram como banda cover do Norther por cerca de 3 anos, falem um pouco pra gente desse período?


Edu - Tudo começou do zero, sem bateria, falta de instrumentos, etc. Jeff e eu tirávamos covers de algumas bandas nas guitarras ate a entrada do Bruno Matos na batera e a minha mudança para o baixo. Foi quando decidimos fazer músicas covers de uma única banda oficialmente. Não queríamos tocar músicas que o povo já escutava de outras bandas cover, a idéia de inovar já veio do inicio, quando decidimos tocar somente Norther. Nessa época passaram algumas pessoas pela banda na tentativa de assumir o posto de vocalista, guitarrista e tecladista, mas por falta de qualidade ou compromisso, nenhum durou na banda. O problema era que poucos conheciam a banda, por isso poucas oportunidades de shows apareceram. Tocávamos para amigos ou festas caseiras com muito álcool. A formação só estabilizou quando Renan Brito assumiu o Vocal/Guitarra e largamos a idéia do teclado.


FRS - Quando vocês começaram a pensar em deixar de ser uma banda cover?


Edu - Apos a entrada do Renan, nossa formação ficou mais forte, mais unida! Com isso surgiram os primeiros riffs e músicas, mas tudo ficava na teoria. No ultimo show em Sorocaba já tínhamos 3 músicas em pré-produção, e o cover já estava limitando nosso potencial, foi quando decidimos largar o cover e focar somente no som próprio.


FRS - Como foi/é o processo de composição das músicas?


Edu - Foi tranqüilo, sem muitas dificuldades, as músicas saíram e estão saindo, com certa facilidade por culpa das varias idéias e do talento do Renan nas composições.


Renan - Sempre compus arranjos, riffs e músicas. Na época do EP estávamos com umas 15 músicas e escolhemos as 5 melhores para entrar no disco. O processo foi simples, eu mandei as músicas prontas para todos, eles tiraram e nós gravamos o cd sem pré nenhuma. 


FRS - Além de Norther quais as bandas que influenciam vocês?


Edu - Cada um tem um gosto especifico isso tem ajudado bastante na originalidade de nossas músicas. Dentro do gênero metal se juntar todos da banda vamos encontrar uma vasta quantidade de vertentes, desde o mais extremo ao mais melódico, se parar para analisar você ira encontrar muitos elementos de Death, Black, Thrash como também Folk, Heavy, Power em nossas músicas. 


FRS - O que acham da situação da música atualmente?


Edu - Acredito que o país tem um grande potencial, mas não é valorizado. Temos muitas bandas de qualidade que não são reconhecidas como deveriam: Scion of Hybrids - Minas Gerais, All Forms Of Agony - Taubaté, Zilla - Brasilia, Project 46 - São Paulo, entre muitas outras que infelizmente não são valorizadas como deveriam.


Recentemente vi o documentário "Ruído das Minas" feito por Filipe Sartoreto que mostra como bandas como Sepultura, Sarcófago conseguiram o status que possuem hoje. Na época houve um grande investimento em cima das bandas que tornou a cena mineira super bem vista e deu início ao heavy metal no Brasil. Acho que esta faltando isso, o Brasil não pode se contentar com meia dúzia de bandas reconhecidas! Isso tem que mudar! Vamos mudar isso!


Jeff - Com a revolução do MP3 e internet a coisa ficou mais crítica ainda, fácil pra divulgação e difícil pra se manter já que gravadoras quase não conseguem se suportar.


FRS - Vocês têm previsão de um CD?


Edu – Sim talvez segundo semestre do ano que vem! Não temos nenhuma data específica, mas já estamos com 20 músicas novas finalizadas e semi prontas, todas com um nível bem superior do nosso Ep! Mais para lançar um cd independente de qualidade precisamos de investimento, algo que não possuímos. Estamos na esperança de oportunidades, caso contrario temos um plano B de um novo EP para o ano que vem.



FRS - Como é a recepção do público a banda?


Edu - Somos muito bem recebidos! A galera que acompanha a banda tem ajudado muito na divulgação, sem contar todo o suporte fornecido por eles. A galera acredita na banda tanto quanto acreditamos nela.


Jeff - O EP também foi muito bem aceito, ótimos elogios de qualquer um que analisa.


FRS - Vocês vão participar do Phoenix Live Project, como está a expectativa?


Edu - Muito positiva! Não vejo a hora de dividir o palco com as outras bandas e o publico que ira participar deste evento, vamos quebrar tudo por lá!


FRS - O que vocês acham dessa iniciativa?


Edu - Essa é a idéia que todos os músicos têm em comum, muitas bandas tem sido desvalorizadas ultimamente, principalmente bandas de som próprio! As oportunidades de mostrar o trabalho são muito pequenas ou quase nulas. Acredito que tanto as bandas quanto aqueles que admiram nosso trabalho gostariam de ver novos lançamentos e novidades, infelizmente o dinheiro recebido pelos visitantes e admiradores do seu projeto em 99% dos casos vai para o bolso das casas de shows e organizadores mercenários.


O Phoenix Live Project tem como objetivo unir as bandas e a galera que investe nelas, para nivelar esta desigualdade e quem sabe transformar isso em um grande evento.


FRS - Quais são os próximos compromissos da banda?


Edu - Além do Phoenix que será em outubro, estamos participando de outro projeto de união de bandas, estamos organizando uma coletânea de Melodic Death Metal Nacional, onde ira reunir 12 bandas do gênero de boa qualidade para mostrar que o gênero esta cada vez maior no Brasil. Estamos também divulgando nosso Ep NightFall que esta disponível na integra em nosso myspace, e procurando por novas datas para mostrar todo o potencial do Spreading Hate ao vivo. 


Jeff - Começando a produção do novo álbum também que por sinal está ficando matador.


Aonde ouvir?


www.myspace.com/SpreadingHate


Contato para show:


SpreadingHate@hotmail.com


SpreadingHate@Myspace.com


Mais informações:


http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=7031707



 

Posts Que Talvez Você Goste

6 comments

  1. Os caras tocam PRA CARALHO! Perdi a primeira apresentação e imprevistos ocorreram pra que tocassem no Roça'n Roll 2010, e se tocassem, ia ser algo destruidor! Aguardando ANSIOSAMENTE pelo Phoenix Live Project, faço QUESTÃO de ir pra presenciar, mais uma vez, e com mais bandas ao lado, essa banda FODA, composta por uma galera mais foda ainda! Sucesso, galera! \m/ Vocês vão longe, ainda!

    ReplyDelete
  2. Muito bom!!!!!!!!!!!


    Spreading Hate força total!!!!!!!!!!!

    ReplyDelete
  3. Massa!!
    Boa sorte pra voces aê. \m/.

    ReplyDelete
  4. foda! pena que não moro em são paulo pra acompanhar a banda mais de perto... :(

    venham tocar no sul! o/

    ReplyDelete
  5. eu vi os caras ao vivo, mandam mt mt bem!!

    Spread the fuckin HATE!

    ReplyDelete
  6. Carlos Victor8/9/10 12:25

    Pow os caras mandam muito bem!Mas como foi comentado no brasil as Bandas De Metal Nacional Estão sen nenhum apio comercial!Mas o ruim te tudo é que as proprias pessoas não se interessa em descubrir bandas de metal boas aki no brasil!Esses Adolescentes pederastas só querem saber dessas bandas modinha!Tipo:Slipknot,System Of Dow,Link Park e Mais Merdas!Tenho pena dessas pessoas que não conhecem trabalhos como o do Spreading Hate!Só isso só galera!Fuizz

    ReplyDelete

Não esqueça de deixar seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Galeria FRS!